Em clima de Copa, Parque Vila Velha realiza campanha ‘A Taça é Nossa’ | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024

Em clima de Copa, Parque Vila Velha realiza campanha ‘A Taça é Nossa’

2022-11-24 às 16:42
Leandro Ribas, gestor do Parque Vila Velha.

Trinta e dois países estão de olho na mais cobiçada taça e querem levar para casa a Copa do Mundo Fifa 2022. Por aqui, temos uma taça que não é de ouro, mas é icônica, única e de valor inestimável, que você e sua família podem visitar, no Parque Vila Velha, durante a campanha “A Taça é Nossa”.

Em entrevista ao programa Manhã Total, apresentado por João Barbiero, na Rádio Lagoa Dourada FM (105,9 para Ponta Grossa e região e 90,9 para Telêmaco Borba), nesta quinta (24), o gestor do Parque Vila Velha, Leandro Ribas, deu detalhes sobre a ação de marketing. “O Parque Vila Velha já está preparado para a Copa há 300 milhões de anos, com aquela taça maravilhosa que temos lá”, brinca.

A iniciativa foi lançada bem antes da Copa: desde quando foi lançado o álbum oficial da Copa, o Parque Vila Velha criou um espaço para a troca de figurinhas. “Como temos muita movimentação de escolas nos dias de semana, a criançada, mesmo com os coleguinhas, deixou para trocar as figurinhas debaixo da taça. Foi divertida essa questão dos álbuns de figurinhas”, comenta.

Neste o no próximo final de semana -26 e 27 de novembro e 3 e 4 de dezembro, serão instaladas três estruturas infláveis no Parque. Uma delas será um campo de “futsabão”. “Orientamos que as pessoas levem uma muda de roupa extra, levem toalha, para poder se divertir no futsabão e depois curtir o Parque”, explica.

Outra atração é o air soccer: um inflável que remete a um pebolim que, em vez de manoplas e barras com os bonequinhos, usa uma saída de ar para tentar conduzir a bolinha ao gol do adversário.

O terceiro inflável simula uma trave, com aberturas no ângulo e o visitante precisa acertar seis gols para obter uma entrada grátis. É o “Gol de Entrada”.

Até o dia 4 de dezembro, aliás, quem for ao Parque Vila Velha vestido com uma camisa da Seleção Brasileira ganha 10% de desconto no ingresso.

“Costumo comentar que, mesmo trabalhando lá e estando constantemente no Parque, toda vez que eu chego próximo aos Arenitos, me sinto emocionado. O sentimento de carinho pelo Parque é constante, assim como quem vai às Cataratas do Iguaçu, ao Cristo Redentor. Essas grandes obras, seja da natureza ou artificiais, realmente mexem com nosso emotivo. Fazemos o fomento a essas atividades, seja com festa junina, dia das crianças, dia dos pais e, agora, com a Copa do Mundo para que as pessoas possam ter a recorrência”, comenta Ribas.

O gestor do Parque Vila Velha destaca que tem crescido a visitação dos ponta-grossenses ao ponto turístico e que a atração tem oferecido condições especiais para estimular a visita dos habitantes locais. “Essas promoções, quem deve aproveitar melhor é o próprio ponta-grossense. Está sem programa para o final de semana? Dá uma passadinha no Parque”, convida.

Por ser uma Unidade de Conservação, ainda não é possível que o visitante leve os itens para fazer um piquenique onde quiser dentro do Parque. Existem áreas específicas, onde é autorizada a alimentação no Parque, nas áreas gastronômicas, que oferecem uma gama de opções: um restaurante completo, com pratos típicos e cozinha regional; container com cachorro quente gourmet e um café na Lagoa Dourada.

Esse cuidado é para evitar que os visitantes deixem resíduos no local e para que a comida que os turistas, eventualmente, levassem, pudesse desequilibrar o ecossistema, que tem uma fauna e flora muito sensíveis. “Precisamos pensar onde será essa área e se vai ter atratividade ou não”, comenta.

Confira a entrevista na íntegra: