Domingo, 21 de Abril de 2024

Exposição em Guarapuava marca o Dia Estadual de Combate ao Feminicídio nesta quarta (22)

2020-07-21 às 10:52

Nesta quarta-feira (22), Guarapuava se unirá a mais de 20 outras cidades do Paraná em uma mobilização pela vida das mulheres, reforçando a luta diária pelo fim da violência e integrando as ações do Dia Estadual de Combate ao Feminicídio, instituído pela lei nº 19.873/2019, de autoria da deputada estadual Cristina Silvestri.

“Em virtude da pandemia e das medidas de segurança e prevenção adotadas, adequamos a nossa programação para garantir que esse data não passe em branco. A violência contra a mulher e o machismo devem ser combatidos e desconstruídos todos os dias. Mas, nesse dia, queremos reforçar o debate, estimular a mudança de cultura, chamar a população a refletir sobre a violência contra a mulher e estimular as guarapuavanas a romperem o ciclo da violência, mostrar a elas que não estão sozinhas”, afirmou a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Andresa do Amaral.

Em uma ação conjunta da Prefeitura de Guarapuava, através da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, e da Procuradoria da Mulher da ALEP (Assembleia Legislativa do Paraná), haverá uma exposição de 89 cruzes que representam as vitimas de feminicídio no Paraná, ocorridas em 2019.

“Essa mobilização pelo dia 22 de julho, unindo várias cidades, instituições, entidades, enfim, é de extrema importância para que o discurso de proteção e empoderamento das mulheres se fortaleça. Principalmente agora, em tempos de pandemia, onde a subnotificação de casos de violência está em alta. Ou seja, os crimes continuam acontecendo, mas as mulheres estão com medo de denunciar por estarem passando mais tempo com seus agressores. É importante darmos voz a estas mulheres”, explicou a deputada estadual Cristina Silvestri, procuradora da mulher da Assembleia Legislativa do Paraná.

A ação do Dia Estadual de Combate ao Feminicídio terá início às 8h30, em frente a Praça 9 de Dezembro, e contará também com divulgação dos serviços de atendimento às mulheres em situação de violência, adotando todas as medidas de segurança e prevenção; placas e banners orientativos. Materiais da campanha ‘Alô, vizinha (o)!’ também estarão disponíveis.

AÇÕES PARCEIRAS

Ainda nesta quarta (22), às 18h, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), em parceria com a Prefeitura, promoverá um live no Youtube para debater o tema ‘Respeito: o limite entre o amor e o abuso’. O assunto será discutido pelos psicólogos, Susana Raurich e Silvio Ortiz, e pela coordenadora do CRAM de Guarapuava, Camila Grande.

“A live é uma ação lançada em parceria com outras instituições, dentre elas o CRAM. A transmissão busca abordar com os convidados a importância do desenvolvimento do respeito nas relações, auxiliando no reconhecimento dos sinais de um relacionamento abusivo, nas formas de romper com o ciclo da violência e como a educação pode interferir na resolução dos conflitos”, destacou a psicóloga e coordenadora do CRAM, Camila Grande.

O evento é organizado pela Subseção com o apoio da Comissão da Mulher Advogada, integrando a campanha “Respeito é a base da transformação”, lançada em julho, com o objetivo de promover reflexões sobre o tema durante todo o mês. Para os interessados em participar não é necessário realizar inscrição prévia. Basta acessar o canal da OAB Guarapuava através do link da live e acompanhar.

Serviço: Ações de combate a violência contra à mulher

Data: Quarta-feira (22/02/2020)

Hora: 8h30

Local: XV de Novembro (em frente a Praça 9 de Dezembro)

Informações/Foto: Prefeitura de Guarapuava