Sexta-feira, 03 de Dezembro de 2021
foto: Clebert Gustavo

Gastronomia D’P: O mundo encantador dos vinhos em poucos cliques

25/11/2021 às 10:07
Conteúdo exclusivo publicado na Revista D’Ponta #287 Outubro/2021

“Cativar quem não conhece bem o mundo dos vinhos e ser uma opção para aqueles que já são apreciadores da bebida.” Eis aí um dos principais objetivos do casal Renata e Eduardo Guarnieri, proprietários da Bevivino – Adega Virtual. Embora ainda recente, o empreendimento já conta com mais de 50 rótulos de vários países à disposição para pronta entrega, e se encontra  em constante ampliação do portfólio, com negociações avançadas com vinícolas da Serra Gaúcha.

De acordo com o casal, há tempos surgiu a intenção de abrir um negócio que pudesse ir além da simples comercialização de produtos. “A paixão pelo vinho vem do sangue, da ascendência italiana, mas a ideia do empreendimento foi uma junção de vários fatores, principalmente o sonho de empreender em um negócio próprio, com um serviço diferenciado, não simplesmente um comércio, mas algo que pudesse agregar valor, conhecimento, experiências e momentos especiais, despertar novas paixões àqueles que ainda não estão rendidos ao mundo do vinho, assim como nutrir ainda mais aqueles que já são amantes e conhecedores”, conta Eduardo.

A ideia de que o vinho não é apenas uma bebida, mas que carrega consigo tradição, história e cultura também ajudou na decisão de abrir uma adega. “Entendemos que o vinho é uma bebida diferenciada, contém história, um trabalho árduo e dedicado que envolve muitos profissionais, desde o plantio e cuidado dos vinhedos até a elaboração dos rótulos pelos enólogos. Sendo assim, ele é capaz de proporcionar momentos memoráveis ao lado das pessoas que amamos”, diz Renata.

Outro objetivo da Bevivino, além de aumentar o número de amantes do vinho, concentra-se em fazer parte da expansão da “Cultura do Vinho”, que vem acontecendo em todo o país, abrindo espaço para trazer até Ponta Grossa mais uma opção desse mercado, que vem ganhando corações em todos os lugares. O formato de entrega em casa (delivery) é uma tendência que foi adaptada ao negócio, principalmente, pela tranqüilidade e conforto que essa modalidade de atendimento propicia à clientela. “Sabemos que a correria do dia a dia não nos permite muitas vezes se deslocar até uma adega e escolher um rótulo para uma noite especial. Outras vezes, aparece um jantar de última hora com os amigos, e nesses momentos a opção de receber rapidamente em casa ajuda muito”, comenta Eduardo.

Para além da tranquilidade e rapidez do delivery, a Bevivino está preocupada em fornecer informações aos clientes para entregar uma verdadeira experiência ao saborear um vinho. “Quantas vezes precisamos presentear alguém com algo especial e acabamos escolhendo algo que não expressa totalmente o nosso carinho. Nosso desejo é sermos facilitadores nesses momentos, com opções que atendem todos os gostos e bolsos. Afinal, o melhor vinho nem sempre é o mais caro, e sim aquele capaz de transformar pequenos momentos e gestos em algo inesquecível”, expõe Renata.

Um ano em quatro dias

Um dos prazeres de quem gosta de vinhos, além do aroma e sabor, é o desejo de conhecer a história de cada rótulo, a diferença entre as uvas, detalhes sobre as regiões onde se faz o cultivo, entre outras curiosidades. “Em setembro último, estivemos em um evento no Vale dos Vinhedos, participando com profissionais do vinho do Brasil inteiro, onde pudemos atualizar e enriquecer nossos conhecimentos, bem como fazer contato com importadores, revendedores e produtores renomados. A impressão que tivemos, durante esses dias incríveis de atividades, foi que vivemos um ano em quatro dias. Foi intenso e muito enriquecedor”, relata Eduardo.

O aprendizado adquirido pelos proprietários é compartilhado com os clientes em transmissões pela internet. Uma delas aconteceu neste mês, contando com a participação de Luís Eduardo Brandelli, da Cavas do Vale, uma vinícola familiar localizada no coração do Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, que trabalha a partir de uvas próprias, como as principais merlot, cabernet e tannat.

Uma das informações mais interessantes compartilhada pela Bevivino a respeito da Cavas do Vale foi a de que a vinícola trabalha desde 1954, preservando o método tradicional, com pipas de madeira e menor intervenção possível de maquinários e produtos enológicos, para ter um vinho mais natural possível. “Essa live foi a primeira de uma série de conteúdos que a Bevivino prepara para os amantes do vinho, com dicas, curiosidades e muita informação”, adianta Renata.

Projeto Meu Pé de Parreira

Para ampliar seus conhecimentos, o casal Guarnieri está participando do projeto Meu Pé de Parreira, da Cantina Zanchetta, em São José dos Pinhais. “Nós ‘adotamos’ um pé de parreira, e estamos participando de todo o processo de cultivo da uva, culminando com a colheita, que será em fevereiro. É uma oportunidade para conhecer melhor o passo a passo do processo e também gerar conteúdo em nossa página no Instagram”, esclarece Eduardo. No projeto, os participantes adquirem uma planta de agosto a fevereiro, devendo acompanhar todo o processo de cultura da uva, desde a poda, adubação, desfolha e desbrota. Há também o “dia do batismo”, finalizando com a colheita da uva.

DP SERVIÇO

Você pode conhecer melhor a Bevivino pelo Instagram @bevivinoadega