Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

Homem acusado de matar e assar cão em forno tem prisão preventiva decretada em Curitiba

2020-08-25 às 17:19

Um homem denunciado pela Promotoria de Justiça do Meio Ambiente de Curitiba por maus-tratos a animal e corrupção ativa, teve a prisão preventiva decretada nesta segunda-feira (24). De acordo com a denúncia feita em 29 de julho, o réu matou a chutes e assou no forno uma cadela que era cuidada pela comunidade no Alto Boqueirão, bairro de Curitiba.

Levado à delegacia, o homem tentou subornar dois policiais prometendo pagar-lhes R$ 1 mil para que não fosse preso – o que, ao contrário, motivou sua prisão em flagrante. Embora tivesse sido libertado provisoriamente em seguida, voltou a cometer outros crimes (receptação e roubo), tendo sido então revogada sua liberdade provisória, com a decretação da prisão preventiva.

No dia da operação, o delegado Mateus Loiola afirmou que chegando na casa do homem, os policiais encontraram partes do cachorro no forno. “A cena é surreal, quando a gente chega na casa já vê marcas de sangue e pedaços do animal pela casa, um cheiro muito forte, abrimos um forno e lá tinha carcaça do animal. Não era por fome, não. Maldade dele, mesmo”, descreveu.

Com informações de MPPR | Foto: Policia Civil