Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Hussein Bakri: “segurança de alunos e professores é prioridade número um do Governo”

2023-04-13 às 12:40

Líder do Governo e Presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, o deputado Hussein Bakri (PSD) ressaltou a importância da adoção de medidas voltadas a garantir a segurança das crianças e adolescentes nas escolas do Paraná. O pacote anunciado nesta quinta-feira (13) pelo governador Ratinho Junior e pelo secretário de Educação, Roni Miranda, é uma resposta ao aumento no número de ataques em instituições de ensino pelo país, que têm preocupado os pais e toda a comunidade escolar.

“O momento atual exige uma atuação firme do poder público para garantir a segurança dos alunos nas escolas bem como a tranquilidade dos pais que deixam seus filhos sob a guarda dos professores. Nesse sentido, na condição de presidente da Comissão de Educação, era meu dever representar os deputados nesse debate e participar das discussões de medidas enérgicas e necessárias, que estão sendo anunciadas agora. Seguiremos firmes e vigilantes em relação a esse tema diuturnamente”, afirmou Hussein Bakri.

As medidas anunciadas, que acolheram sugestões de deputados, da comunidade escolar e dos Núcleos Regionais de Educação (NREs), passam por reforço de efetivo, aporte financeiro e apoio psicológico. Veja abaixo quais são elas:
– aumento do número de Colégios Cívico-Militares e de instituições do programa Escola Segura;
– destinação de R$ 20 milhões para as 2,1 mil escolas estaduais investirem em segurança de acordo com suas características (instalação de câmeras, aumento dos muros, troca de portões, etc);
– viaturas da PM que não estiverem em atendimento poderão ser deslocadas para a porta das escolas;
– 5,6 mil PMs (incluindo praças em formação) serão deslocados para a porta e para dentro das escolas;
– 200 totens do programa Olho Vivo serão instalados nas escolas com maior necessidade;
– destinação adicional de recursos para a contratação de mais PMs da reserva para atuarem na segurança das escolas, por meio do pagamento das diárias extrajornada;
– treinamento de professores junto à Patrulha Escolar sobre medidas emergenciais a serem tomadas em casos de ataque;
– haverá psicólogos e bolsistas nos NREs para prestarem orientação e apoio emocional à comunidade escolar.

da assessoria