Quinta-feira, 09 de Dezembro de 2021
foto: Clebert Gustavo

Laboratório da China vaza bactéria e contamina mais de três mil pessoas

18/09/2020 às 15:31

De acordo com a agência France Presse, mais de três mil pessoas foram contaminadas na China após contato com uma bactéria vazada por um laboratório biofarmacêutico. O acidente aconteceu em 2019, mas foi divulgado pelas autoridades somente no dia 8 de setembro.

Esta bactéria causa uma doença chamada brucelose, que é transmitida pelo gado para as pessoas ou até por produtos de origem animal, principalmente os não pasteurizados. A doença não é contagiosa para humanos, geralmente, mas a infecção pode provocar sintomas como fadiga, perda de peso, febre, diarreia e dores de cabeça.

Desde a data do ocorrido, 3.245 pessoas já foram testadas e diagnosticadas com a bactéria. De acordo com a France Presse, não houve transmissão de humano para humano e todos os pacientes receberão uma indenização do Governo.

Segundo informações, o laboratório teria usado um desinfetante vencido na produção de vacinas contra brucelose para animais. Com isso, a esterilização não foi suficiente e as bactérias ficaram nas emissões de gases da empresa, provocando a contaminação em massa.

Com informações do G1