Terça-feira, 23 de Julho de 2024

No PR, professora tira a roupa em supermercado em protesto antirracismo

2023-04-10 às 09:55
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Na última sexta-feira (07), uma professora tirou a roupa dentro de um supermercado na cidade de Curitiba em um protesto contra racismo. Isabel Oliveira tem 43 anos e informou ter sido perseguida por um segurança enquanto fazia as compras da Páscoa em um atacadista no bairro Portão.

Horas depois ela voltou ao estabelecimento e ficou apenas com roupas íntimas. Ela ainda escreveu em seu corpo a frase “sou uma ameaça?”. O caso ganhou ampla repercussão nas redes sociais. Ela informou para a Band News FM que fará um boletim de ocorrência nesta segunda-feira (10).

Em nota, o estabelecimento afirma não ter identificado indícios de abordagem indevida e lamenta que a cliente tenha se sentido vítima de racismo. Confira abaixo:

“A empresa informa que apurou o caso, ouvindo os funcionários e analisando as imagens de câmeras de segurança, e não identificou indícios de abordagem indevida. Desde as primeiras manifestações da cliente no local, a supervisão e a gerência da loja se colocaram à disposição para ouvi-la e oferecer o devido acolhimento. Lamentamos que a cliente tenha se sentido da maneira relatada, o que, evidentemente, vai totalmente contra nossos objetivos. A empresa possui uma política de tolerância zero contra qualquer tipo de comportamento discriminatório ou abordagem inadequada. Realiza treinamentos rotineiros para que isso não ocorra e possui um canal de denúncias disponível, dando total transparência ao processo. Ressaltamos, ainda, que nosso modelo de prevenção tem como foco o acolhimento aos clientes, com diretrizes de inclusão e respeito que também são repassadas aos nossos colaboradores por meio de treinamentos intensos e frequentes.”

Informações: Band News FM