Quinta-feira, 09 de Dezembro de 2021
foto: Clebert Gustavo

No primeiro dia, canal de denúncias da Prefeitura recebeu 278 fotos de aglomerações em PG

12/06/2020 às 08:19

O canal aberto pela Prefeitura Municipal de Ponta Grossa exclusivamente para receber denúncias de aglomerações durante a pandemia do novo coronavírus recebeu 278 fotos e vídeos de festas clandestinas já no seu primeiro dia de funcionamento. As informações foram dadas pelo prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, na manhã desta sexta-feira (12).

De acordo com Rangel, as imagens mostram claramente de que se trata de festas e reuniões clandestinas. “É visível pelo número de pessoas que é uma festa. Os vídeos mostram mais de 30 pessoas, muitas delas embriagadas, sem máscara e tendo contato direto. As festas clandestinas são dessa maneira, muita gente aglomerada em locais que normalmente são fechados”, explica.

O prefeito explica que, deste o início da epidemia, a equipe da Defesa Civil averiguava as denúncias e entrava em contato para conversar com os organizadores. “Neste momento, em que nós estamos com a doença mais avançada, não tem muito mais o que conversar. Agora, infelizmente, a atuação vai chegar”, alerta. 

Rangel também atribui o aumento do número de casos no município à falta de prevenção. “Infelizmente, com o passar do tempo, parece que as pessoas largaram mão, baixaram a guarda, e isso é que está causando novos casos da doença não só aqui em Ponta Grossa, mas em todo o Brasil”, lamenta.

De acordo com o novo decreto municipal, que entrou em vigor na quinta-feira (11), a realização de reuniões ou festas clandestinas será punida com multa de R$ 10 mil para o organizador ou proprietário do imóvel. As denúncias podem ser feitas através do WhatsApp (42) 99144-1290.

As declarações foram dadas durante o ‘Programa Nilson de Oliveira’, comandado por Rangel diariamente na Rádio Mundi FM.