Terça-feira, 23 de Julho de 2024

Pela quarta vez em 2023, criminosos furtam fiação elétrica do CRAS Vila Isabel e prejudicam atendimento à população

2023-04-06 às 13:14
Foto: Divulgação

O CRAS Vila Isabel, localizado na região da Boa Vista, amanheceu sem energia nesta quinta-feira (06). Novamente, a fiação elétrica foi furtada durante a madrugada. Essa é a quarta vez que a unidade é alvo da ação de criminosos só neste ano.

O primeiro furto foi registrado no início de janeiro e a população ficou sem atendimento por 16 dias. Depois, no mês de março, num intervalo de quatro dias, a fiação foi furtada outras duas vezes. Sem energia elétrica, a equipe não teve acesso aos sistemas e pode apenas orientar e reagendar o atendimento aos usuários.

Dessa vez, a unidade também não fechou as portas, mas o atendimento à população mais uma vez foi prejudicado. A previsão é que os reparos sejam concluídos apenas na semana que vem.

O CRAS Vila Isabel tem quase 6 mil famílias cadastradas. A grande maioria vive em situação de vulnerabilidade social decorrentes da pobreza que encontram na unidade acesso a serviços, programas, projetos e benefícios da Proteção Social Básica.

“A população precisa entender a importância do equipamento. Essas ocorrências que tem sido constantes e acabam atrasando todo o nosso trabalho porque os usuários precisam ser reagendados”, afirma a coordenadora da unidade Jamili Ajuz.

Para a presidente da Fundação de Assistência Social de Ponta Grossa, Tatyana Denise Belo, quem furta equipamento público, não está causando apenas prejuízo para a prefeitura. “O dano maior é para toda a comunidade dificultando, principalmente, o acesso dos mais necessitados de suporte e apoio do poder público”, ressalta Tatyana.

A FASPG alerta ainda que além de prejudicar o atendimento à população e colocar a própria vida em risco, quem retira fios ilegalmente pode responder pelo crime de furto, previsto no artigo 155 do Código Penal, com previsão de um a quatro anos de prisão.

Segurança

Em relação às ações que envolvem a Guarda Civil Municipal, a Prefeitura informa que o CRAS já se encontra no itinerário diário de patrulhamentos, que serão reforçados na região. Além disso, o Município também já trabalha na ampliação do sistema de monitoramento e sua integração à plataforma Metropolys, que está em fase de ampliação atualmente.

da assessoria