Segunda-feira, 27 de Maio de 2024

Policiais militares são presos em flagrante por posse ilegal de armas e munições em Guaratuba

2022-08-31 às 15:51

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Paraná, com o apoio da Corregedoria da Polícia Militar, cumpriu nesta terça-feira, 30 de agosto, quatro mandados de busca e apreensão em investigação que apura possíveis práticas de abuso de autoridade, fraude processual, peculato e porte ilegal de armas e drogas cometidas por dois policiais militares.

Os mandados foram cumpridos em residências dos investigados no litoral, em um apartamento de familiares dos agentes públicos em Curitiba e em locações pessoais dos policiais na Companhia da Polícia Militar de Guaratuba. Durante o cumprimento das ordens judiciais, expedidas pelo Juízo da Vara da Auditoria Militar de Curitiba, dois policiais militares foram presos em flagrante por posse ilegal de armas e munições. Foram apreendidas armas e munições localizadas em “fundos falsos” nas residências, R$ 70 mil em dinheiro, além de um cheque de R$ 205 mil na casa de um dos policiais.

Durante a ação, também foram localizadas armas irregulares e drogas, além de balanças, em uma sala utilizada pelos policiais na sede da Companhia da Polícia Militar de Guaratuba. No local, também foi encontrada uma chave de veículo, mantido há tempos no pátio da Companhia, no qual foram localizadas armas e munições irregulares, bem como quantidade expressiva (quase um 1 kg de maconha e cerca de 870 gramas de cocaína). A Corregedoria da Polícia Militar instaurou Inquérito Policial Militar para apurar os fatos relacionados à Companhia da Polícia Militar de Guaratuba.

do MPPR