Sábado, 25 de Junho de 2022

Política D’P: Plauto garante recursos para ampliar serviços à população de Ponta Grossa

Com total de R$ 350 mil, recursos foram conquistados por meio de emendas feitas pelo parlamentar ao Orçamento Geral do Estado
20/04/2022 às 17:12

Seguindo com o propósito de servir à população de Ponta Grossa, o deputado Plauto Miró Guimarães recebeu a confirmação de mais investimentos para cidade, conquistados por meio de emendas que fez ao Orçamento Geral do Estado.

A Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo do Paraná, por exemplo, está liberando R$ 200 mil a ser investido no serviço de castração animal oferecido pela Prefeitura de Ponta Grossa.

O objetivo, além de reduzir a população de cães e gatos de rua, é trazer bem-estar aos animais que estão nessa condição. A castração diminui significativamente a incidência de câncer e infecção de mama e útero nas fêmeas e de câncer de próstata nos machos.

“Acho importante promover esse trabalho para proteger os animais que estão abandonados. É uma questão sanitária que protege os bichinhos e a população”, explica o deputado.

Outro recurso garantido por Plauto é o repasse de cerca de R$ 150 mil da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (SEDU), por meio do programa Paranacidade, para a comprar um veículo tipo van de 16 lugares para a Agência do Trabalhador de Ponta Grossa.

“É um projeto simples, mas que traz dignidade para quem quer se capacitar e, principalmente, voltar a trabalhar”

A aquisição do automóvel foi um pedido do ex-diretor do órgão, John Elvis Ribas Ramalho, para ser usado no projeto de descentralização dos trabalhos da agência, levando os serviços para a população que mora nos bairros mais distantes do Centro da cidade. “É gratificante ver um projeto tão importante ser estruturado”, afirma Ramalho.

Ciente de que, muitas vezes, trabalhadores desempregados não têm condições financeiras de ir até a sede da agência, Plauto entende que é primordial encontrar formas de garantir o acesso ao serviço. “É um projeto simples, mas que traz dignidade para quem quer se capacitar e, principalmente, voltar a trabalhar”, afirma.

 

Conteúdo publicado originalmente na Revista D’Ponta #289 Março/Abril de 2022.