Terça-feira, 23 de Julho de 2024

Ponta Grossa terá semáforos em passagens de nível sensoreadas

2023-04-12 às 13:59

A Prefeitura de Ponta Grossa e a Concessionária Rumo iniciaram na última sexta-feira (7) a fase final de implantação de passagens de nível sensoreadas no município. O trabalho consiste na implantação de sensores de inteligência artificial que detectam a aproximação dos trens, bem como a instalação de semáforos em dois cruzamentos em que há maior incidência de acidentes: as ruas Sabiá e Visconde de Sinimbú.

No próximo semestre, a passagem em nível da Av. Monteiro Lobato também deve receber a instalação do equipamento. Entre 2019 e 2022, esses locais contabilizaram 14 acidentes.

Os semáforos ficarão no amarelo, com pisca intermitente, por cerca de 15 dias. O objetivo é que motoristas e pedestres se habituem à nova sinalização ao longo das duas próximas semanas. Após o período, os semáforos vão funcionar habitualmente.

“Nos últimos meses, temos desenvolvido ações conjuntas de educação para o trânsito com foco específico nas passagens de nível. Neste sentido, a instalação desses dispositivos vem somar de forma muito positiva, contribuindo para reforçar a segurança da população que transita nas regiões próximas a linhas férreas”, destaca o superintendente de trânsito e segurança viária da Prefeitura Ponta Grossa, João Rodrigo Pontes.

Tecnologia Pioneira

As passagens de nível sensoreadas são uma tecnologia pioneira desenvolvida pela Rumo, maior concessionária de trens do Brasil. O objetivo inicial é trabalhar o projeto de forma educativa, avaliando o comportamento dos motoristas e pedestres utilizando o mesmo sistema de sinalização do trânsito rodoviário nos cruzamentos com a ferrovia. A empresa busca a homologação dessa sinalização junto às autoridades de trânsito e à Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito) para ampliar os testes no Paraná. Antes de Ponta Grossa, a empresa concentrou os testes em duas passagens em nível nos municípios de Jandaia do Sul e Curitiba, respectivamente, locais em que obteve resultados positivos.

Abaixo, algumas dicas importantes para manter a segurança da população em locais onde há passagem de trens:

Dicas de segurança:

Motoristas
– Sempre pare o veículo antes de realizar a travessia e certifique-se de que não há trens se aproximando
– Para realizar uma travessia segura, tenha atenção redobrada à sinalização visual (placas de trânsito) e sonora (buzina da locomotiva)
– Conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), atravessar uma passagem em nível sem antes parar é infração gravíssima.
– Fique atento à sinalização de Pare, Olhe e Escute. Essa atitude salva vidas.

Pedestres:
– Realize a travessia somente em passagem em nível (PN) oficial ou passarelas de acesso. Redobrando atenção para o sinal sonoro do trem e as placas de sinalização.
– Sempre mantenha distância segura dos trens, parados ou em movimento.
– Nunca ande sobre os trilhos, é uma prática imprudente e com risco de morte. Somente pessoas autorizadas podem circular em áreas operacionais da ferrovia.
– Nunca pegue carona nos trens e não pratique surfe ferroviário. São atividades ilegais que podem ocasionar graves acidentes.

Sobre a Rumo

A Rumo é a maior operadora de ferrovias do Brasil e oferece serviços logísticos de transporte ferroviário, elevação portuária e armazenagem. A Companhia opera 12 terminais de transbordo, seis terminais portuários e administra cerca de 14 mil quilômetros de vias férreas nos estados de Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Goiás e Tocantins. A base de ativos é formada por 1.400 locomotivas e 35 mil vagões. A Rumo está presente na 18ª carteira do ISE B3, o Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3 que reconhece as empresas que são referências em práticas ESG.

da assessoria