Quarta-feira, 22 de Setembro de 2021
foto: Clebert Gustavo

Profissionais da Saúde devem parar por completo, por 30 minutos, nesta semana em PG

06/09/2021 às 16:38

Servidores da Saúde de Ponta Grossa rejeitaram a proposta da Prefeitura de manter o adicional de insalubridade em 40%, referente a agosto e que poderia ser pago em folha avulsa, e em 20% a partir de setembro. A decisão aconteceu após duas assembleias nesta segunda-feira, 6.

Os profissionais se reuniram no início da manhã, no Parque Ambiental, e no começo da tarde em frente à UPA Santana. A convocação foi feita pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SindServ). O corte do adicional, que vinha sendo pago desde 2020 aos profissionais da linha de frente da pandemia de COVID-19, foi anunciado pela Prefeitura na última semana devido à queda no número de pacientes.

Durante as assembleias, os profissionais decidiram suspender a paralisação permanente, mas fazer um ato simbólico nos dias 8, 9 e 10 de setembro, parando todas as atividades por 30 minutos, das 8h às 8h30. A expectativa é a de que a vacinação contra a COVID-19 e os serviços de emergência não sejam afetados pelo ato. No dia 15 de setembro, também haverá uma passeata dos profissionais da Saúde em horário ainda a ser definido.

Uma pauta com reivindicações dos profissionais deve ser entregue à Prefeitura nesta quarta-feira, 8. “A pauta consiste na proposta de implementação de plano de cargos a todos os servidores da área de saúde; também a manutenção da jornada 12h/36h para os servidores da UPA Santana e Pronto Socorro; a permanência dos servidores efetivos no Samu de Ponta Grossa; a elevação do abono do PSF, SF, e também a extensão àqueles q ainda não recebem; e, principalmente, a contratação de mão de obra, pois temos muitas unidades que ainda tem falta de trabalhadores”, diz o presidente do SindiServ, Roberto Ferensovicz.

A redação do portal D’Ponta News entrou em contato com a Prefeitura de Ponta Grossa, mas até o fechamento desta reportagem não havia recebido retorno.

foto: Divulgação / SindServ