Domingo, 21 de Abril de 2024

Rangel afirma que Ponta Grossa poderá ter ‘bandeira laranja’ no combate à Covid-19, prefeito fará live nesta tarde (24)

2020-07-24 às 08:31

Na manhã desta sexta-feira (24), o prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, anunciou que o município poderá ter novas medidas de enfrentamento à Covid-19. Ele fará um pronunciamento oficial, nesta sexta-feira (24), às 15h. O portal D’Ponta News irá transmitir o pronunciamento completo em tempo real.

Na última quinta-feira (23), Ponta Grossa chegou a 1.094 casos de coronavírus e, segundo Rangel, aumentou a preocupação da equipe de epidemiologia e técnicos da Fundação Municipal de Sáude (FMS). “Nós acompanhamos a evolução da doença nessa semana e, infelizmente, as notícias não são boas. Evoluiu muito rápido o número de casos desde segunda-feira, mas também o de pacientes em estado grave”, explica.

Ele reforça que, nós últimos dias, foi registrado um aumento no número de atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) usada como referência no combate à Covid-19. “Nessa semana aumentou muito o número de pessoas que foram à UPA e aos postos de saúde com problemas respiratórios. A gente vinha com números menores e mais controláveis nas últimas semanas. O atendimento de pessoas com sintomas é o que embasa todo o nosso estudo e o nosso controle”, enfatiza. 

Medidas que poderão ser anunciadas

O prefeito adianta que Ponta Grossa poderá ter medidas mais restritivas para frear o avanço do coronavírus. “Eu vou pedir o apoio da população, vou pedir mais uma vez o apoio do setor produtivo, porque nós caminhamos nesta semana para a mudança de bandeira”, diz. 

Atualmente, Ponta Grossa está ‘bandeira amarela’, o que indica estado de alerta para evitar a contaminação pelo coronavírus. De acordo com Rangel, a ‘bandeira laranja’, indica mais risco de contrair a Covid-19 e a necessidade de um novo protocolo de enfrentamento à doença. Entre as estratégias que podem ser adotadas está o escalonamento do comércio de rua com a abertura das lojas em dias alternados e a retomada dos deliverys e atendimentos com hora marcada.

Entretanto, o prefeito garante que que não existe a previsão de um fechamento completo do comércio de rua. “ Nós não temos a intenção de fazer um lockdown e me parece que ainda não chegamos a esse estágio”, enfatiza.

As declarações foram dadas durante o ‘Programa Nilson de Oliveira’, apresentando por Rangel na Rádio Mundi FM.