Segunda-feira, 27 de Maio de 2024

Rangel afirma que Prefeitura não vai subsidiar transporte coletivo de PG

2020-05-18 às 17:17

O prefeito Marcelo Rangel concedeu uma entrevista exclusiva ao portal D’Ponta News no final da tarde desta segunda-feira (18) para falar sobre o pedido de subsídio da Viação Campos Gerais (VCG) para manter o serviço de transporte coletivo em Ponta Grossa. A solicitação foi divulgada na última sexta-feira (15).

Rangel foi enfático em afirmar que a Prefeitura não vai repassar verbas públicas para a empresa e, caso haja uma paralisação do serviço, será considerada uma quebra de contrato. “Estamos entrando com uma ação judicial hoje para o cumprimento do serviço na íntegra do transporte público em Ponta Grossa. Em relação ao processo na Justiça, nós temos uma opinião e somos contrários a qualquer tipo de subsídio. No Brasil e no mundo os empresários estão sentindo a defasagem em relação ao consumo. Nós não achamos justo de usar dinheiro público para assumir gastos e até mesmo despesas que aconteceram durante a pandemia. Rangel foi enfático em afirmar que “a Prefeitura não vai repassar verbas públicas para a empresa e caso haja uma paralisação do serviço, será considerada uma quebra de contrato”, disse Rangel.

“Nós estamos entrando com uma ação na Justiça para que o contrato seja seguido à risca. A empresa tem o dever de manter o serviço para a cidade de Ponta Grossa. Se houver alguma quebra, as ações que serão tomadas pela Prefeitura serão contratuais. Que Ponta Grossa foi uma das primeiras cidades do Brasil que restabeleceu o comércio e o movimento, Na nossa opinião, não há razão para pedir dinheiro público que está sendo empregado para manter nossas responsabilidades, para manter nossos servidores, nossa saúde, nossos hospitais para pagar um serviço que está dentro dos riscos normais de mercado”, finaliza Rangel.

Ouça a entrevista na íntegra com o prefeito Marcelo Rangel.