Sábado, 13 de Abril de 2024

Rangel exonera 31 cargos comissionados ligados ao DEM

2020-07-15 às 15:15
Foto: PMPG

No Diário Oficial publicado na tarde desta quarta-feira (15) pela Prefeitura de Ponta Grossa estão publicadas 31 exonerações de cargos comissionados. Os desligamentos aconteceram somente um dia após o partido Democratas (DEM) anunciar a saída da base do governo municipal.  

A maioria das exonerações são de comissionados da Companhia Ponta-grossense de Serviços (CPS), onde muitos cargos foram indicados pelo DEM durante o governo Rangel. Além de seis cortes na CPS, foram exonerados outros cinco funcionários da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos, quatro da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT) e dois da Secretaria Municipal de Serviços Públicos.

A Agência de Fomento de Ponta Grossa (Afepon), o Instituo de Pesquisa e Planejamento (Iplan) e as secretarias de Segurança, Saúde, Fazenda, Indústria e Turismo também tiveram pessoal cortado.

De acordo com o DEM, a decisão do rompimento foi baseada em “ações adotadas recentemente pelo atual governo, que não condizem com os ideais do partido”. Em nota, o partido ainda afirma que com a “proximidade das eleições em novembro deste ano, quando buscamos candidatura a prefeito que defenda a livre iniciativa, a liberdade, a ética, a transparência e o desenvolvimento do nosso município, decidimos romper vínculos que não sigam os mesmos princípios, dando-nos liberdade total para nossas escolhas”.