Sábado, 04 de Dezembro de 2021
foto: Clebert Gustavo

Sindilojas aprova novo escalonamento no comércio de PG

15/06/2020 às 16:32

Na noite de quinta-feira (11), o prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel realizou uma coletiva na Prefeitura Municipal onde apresentou os novos protocolos e ações de combate à Covid-19 em Ponta Grossa, incluindo novas regras para o comércio e para o transporte público. Sobre essas mudanças, o D’Ponta News conversou com o presidente do Sindilojas Ponta Grossa e secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, José Loureiro.

Ideia aprovada

Loureiro diz que aprova as medidas, uma vez que todos podem abrir os estabelecimentos, desde que respeitando o escalonamento vigente. “Aprovo as medidas. O comércio inteiro está trabalhando. Antes da mudança eram três escalonamentos, agora viraram dois; uma parte agora funciona das 9 às 15h e a outra das 12h às 18h”, comenta.

Sobre o transporte público, Loureiro diz que para os trabalhadores ficou satisfatório também. “Os meus funcionários, por exemplo, que iniciavam às 9h, hoje chegaram no horário certo, ninguém reclamou e ninguém se atrasou”, relata.

Escalonamento

O comércio, com o novo protocolo de responsabilidade na cor amarela, sofreu algumas alterações, isto é, segue mantendo o escalonamento, porém de outra forma. Segundo disse Rangel na última quinta-feira, “o lockdown só será feito caso a cidade chegue no nível vermelho, hoje estamos no amarelo”. Segundo o prefeito, essas mudanças no escalonamento do comércio é para evitar aglomerações no transporte público.

Comércio escalonado em quatro atividades

1 – Atividades essenciais, a partir das 8h.

2- Atividades de vestuário e artigos pessoais: Das 9h até às 15h.

3- Eletrodomésticos e utilidades domésticas: Das 12h às 18h.

4- Shoppings: das 12h às 20h

Transporte público

A partir de hoje, segunda-feira (15), nos ônibus do transporte coletivo da cidade só serão aceitos passageiros sentados. A medida também foi comunicada pelo prefeito na última quinta-feira (11).

“Não teremos mais passageiros em pé para evitar o contato, manter o distanciamento e poder se deslocar com mais segurança”, disse Rangel.

“A mudança é para que não tenhamos o colapso do transporte. Em caso de lotação máxima de um veículo, teremos outro veículo chegando na sequência, seja nos terminais ou nos pontos de ônibus”, explicou o prefeito. “Toda a frota da Viação Campos Gerais (VCG) estará nas ruas para que os passageiros evitem longas esperas e para que possa acontecer uma adaptação de horários das linhas caso haja necessidade”, disse.

Foto: Igor Rosa