Quarta-feira, 22 de Setembro de 2021
foto: Clebert Gustavo

Vinhos & Viagens: Txakoli, o estilo de vinho do País Basco

25/03/2021 às 16:19

A Espanha é um dos grandes produtores mundiais de vinho e recebeu destaque por muito tempo pela produção de vinhos densos, amadeirados e com longo amadurecimento em carvalho, porém outro estilo vem ganhando visibilidade e sendo muito procurado nos principais restaurantes: o Txakoli.

 

A Espanha é o país com maior área de vinhedos do mundo, é também um dos maiores produtores de vinhos com mais de 60 regiões vinícolas registradas, dividas em 6 macro-regiões. Por muito tempo o país ganhou destaque por produzir grandes vinhos tintos amadeirados, com rótulos que passavam longo período de amadurecimento em carvalho. Atualmente, vem se destacando em outros estilos de vinho e, hoje, trago informações específicas do Txakoli, um estilo de vinho produzido no País Basco cuja base é uma casta (uva) autóctone da região de Bizkaiko Txakolina.

O País Basco é uma comunidade autônoma espanhola localizada no extremo norte do país, divide-se em 253 municípios, sendo 51 em Álava, 88 em Guipúscoa e 114 em Biscaia. Sua região é principalmente montanhosa, contornada pelos Montes Bascos e a imponente Serra Cantábria no sul, com o Toloño, uma grande montanha, como ponto de máxima altitude. A Vinícola familiar Bodega Elizalde S.L está localizada na região do bairro de Mendraka na mítica Necrópole de Argiñeta, dentro da província de Biscaia. As parcelas de vinha estão localizadas nos bairros de Mendraka, Gazeta e Miota, no Município de Elorrio (Bizkaia) cujas encostas de terreno estão voltadas para as montanhas de Anboto e Udalaitz. Está localizada a uma altitude entre 245 e 300 metros acima do nível do mar. É nesse local que é produzido o exótico vinho chamado Mendraka.

O Mendraka é um vinho varietal (composto por uma única espécie) elaborado com a uva Hondarrabi Zuri zerratua (uva branca dominante no País Basco responsável por produzir os tradicionais vinhos Txakoli). É um vinho jovem e a sua cor varia do amarelo ao verde, apresenta um aroma intenso, forte e muito fresco, lembra frutas brancas (maçã e pêra), citrinos e flores brancas. Na boca é agradável com a típica acidez presente na casta Hondarrabi Zuri Zerratura, além de oferecer muito frescor.

A sommelière Juliana Bossini Tudgay, que esteve pessoalmente visitando os produtores do vinho Mendraka, destacou o trabalho realizado pela Vinícola Boutique que produz vinhos orgânicos em quase 5 hectares: “Bizkaiko Txakolina é uma das regiões frias da Espanha, recebe influência oceânica proporcionando esse estilo de vinho que é super leve, fresco, mineral com sabores cítricos”, ressalta. Juliana lembra que as harmonizações adequadas são tapas (aperitivos espanhóis), frutos do mar e principalmente o bacalhau. 

Confira no link abaixo a entrevista de Patrícia Ecave com Juliana Bossini Tudgay sobre o Mendraka:

Vinhos & Viagens

por Patrícia Ecave

Patrícia Ecave é jornalista, digital Influencer e sommelière paranaense. Trabalhou com radiojornalismo, assessoria de imprensa, eventos, produção de vídeos, funcionalismo público, gestão administrativa e gestão de pessoas. Realizou viagens enogastronômicas e cursos no país e no exterior, como Vale dos Vinhedos, Cone sul e Europa. Organiza workshops, cursos, jantares harmonizados, treinamento de equipes e consultoria geral. Escreve sobre viagens, vinhos e gastronomia.