Londrina sobe em ranking e está entre as 20 cidades mais inteligentes do Brasil | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024

Londrina sobe em ranking e está entre as 20 cidades mais inteligentes do Brasil

2023-09-06 às 15:50
Foto: Vivian Honorato / Arquivo

O município de Londrina tem novamente seu nome destacado em nível nacional, agora sendo considerada uma das 20 cidades mais inteligentes do Brasil, conforme a 9ª edição do ranking Connected Smart Cities (CSC). Apenas duas cidades paranaenses estão no Top 20, que traz a capital Curitiba em 2º lugar na lista, e Londrina na 19ª posição, subindo 15 degraus em comparação ao ranking do ano anterior.

Foto: Divulgação

E outra novidade é que a cidade também foi contemplada com o Selo Bronze de Boas Práticas para o Desenvolvimento de Cidades Inteligentes, concedido pela Connected Smart Cities em parceria com a Spin – Soluções Públicas Inteligentes. Uma comitiva formada pela Governança de Inovação em Cidades Inteligentes representou o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, na terça-feira (5), em São Paulo (SP), na cerimônia de premiação onde o selo de reconhecimento foi entregue ao município.

O ranking de Cidades Inteligentes da CSC avalia todos os municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes, com 74 indicadores nos eixos de Inovação e Tecnologia, Mobilidade, Meio Ambiente, Empreendedorismo, Educação, Energia, Governança, Urbanismo, Saúde, Segurança e Economia. Conhece o ranking completo.

Por sua vez, o Selo de Boas Práticas analisou as dimensões Planejamento da Cidade Inteligente, Governança, Tendência de evolução no ranking CSC, Planejamento de Infraestruturas e Serviços de TIC, Maturidade para Parcerias e Ecossistema de Inovação.

Para o presidente da Companhia de Tecnologia e Desenvolvimento de Londrina (CTD), Luciano Kühl, representar o município foi uma honra e o reconhecimento do ranking e do prêmio gera mais estímulo a todos os envolvidos. “É um resultado que posiciona Londrina entre as melhores do país tanto para viver quanto para trabalhar. Agora, vamos focar no próximo ano para que estejamos entre as dez melhores cidades, lembrando que hoje já estamos à frente de muitas capitais”, declarou.

O tema onde a cidade pontuou melhor no ranking, ficando na 6ª posição, foi Urbanismo. Já Curitiba aparece na 38ª colocação neste mesmo quesito. Este eixo leva em conta cidades com emissão de alvará pelo site da Prefeitura, além de questões básicas de infraestrutura, como a distribuição de água e o atendimento urbano de esgoto, assim como pontos de mobilidade e as leis que regem o ordenamento do solo.

A segunda melhor classificação de Londrina em um dos 11 eixos avaliados foi em Tecnologia da Informação, em 11⁰ lugar. O presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Alex Canziani, destacou a evolução do Ecossistema da cidade em relação à inovação. “São índices que mostram a evolução da cidade ao longo dos anos. A gente parabeniza o Ecossistema que vem desenvolvendo uma grande quantidade de eventos e ações em relação a tecnologia”, pontuou.

Canziani também enfatizou que a boa colocação de Londrina também ocorre pela força dos parceiros que a cidade tem, entre eles a Fundação Araucária e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O gerente regional do Sebrae, Fabrício Bianchi, que acompanhou a premiação com a sua equipe, destacou a forma como o prefeito Marcelo Belinati vem conduzindo e apoiando as ações envolvendo os diversos setores da sociedade. “O resultado positivo só constata todo o esforço que o município vem fazendo entre a parte pública e privada em prol da temática de Cidades Inteligentes, naquilo que melhora a vida do cidadão”, disse.

Além de Londrina, outras nove cidades paranaenses estão entre as 100 primeiras do ranking geral. Curitiba (2º lugar), Pato Branco (34º), Maringá (43º), Pinhais (48º), Ponta Grossa (55º), Cascavel (56º), Foz do Iguaçu (82º), Apucarana (86º) e São José dos Pinhais (95º).

“O Paraná mostra cada vez mais que está crescendo no conceito de cidades inteligentes em todas as regiões. É importante ressaltar os municípios do interior, que assim como a Capital estão se desenvolvendo em inovação, modernizando seus serviços ao cidadão”, frisou o secretário estadual da Inovação, Modernização e Transformação Digital, Marcelo Rangel. “Inovação só é inovação se ela melhorar a vida das pessoas. E o reconhecimento no ranking é fruto de uma visão do governador Carlos Massa Ratinho Junior no desenvolvimento do Estado”, concluiu

da assessoria