Ponto de Vista: Marcelo Belinati defende fator social como fundamental para sucesso de Londrina em índices nacionais | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024

Ponto de Vista: Marcelo Belinati defende fator social como fundamental para sucesso de Londrina em índices nacionais

2023-05-27 às 14:12

Com exclusividade ao Ponto de Vista, apresentado por João Barbiero na Rede T de rádios do Paraná, na manhã deste sábado (27), o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, falou sobre sua história de vida, trajetória política, projetos e como conseguiu tornar sua cidade um exemplo de administração municipal. Médico por formação, ele conta que o início de sua gestão encontrou dificuldades, visto que precisou instalar algumas mudanças. “Nós pegamos Londrina em uma situação muito difícil. Financeiramente estuporada, com a previdência que não tinha dinheiro para pagar um mês de aposentadoria dos servidores, a empresa de telefonia municipal, que era a Sercomtel, devendo R$ 900 milhões e tinha R$ 51 milhões de patrimônio, ou seja, uma dívida gigantesca, tinha tudo para quebrar a Prefeitura. Eu botei na minha cabeça ‘nós vamos arrumar, Londrina merece, eu não estou aqui para ser mais do mesmo’. Fizemos tudo que tinha que ser feito, todas as reformas necessárias, um foco muito grande em projetos e captação de recursos. Hoje, de forma muito resumida, Londrina é a Prefeitura mais transparente do Brasil. Não sou eu que estou falando, é o ranking da Controladoria Geral da União. Nós temos obras por toda a cidade, desde obras que geram desenvolvimento econômico na cidade, mas muito mais com foco no social e no ser humano. Nós estamos aqui para servir as pessoas”, afirma.

Questionado sobre a origem dos investimentos, Belinati conta que “foram feitas todas as reformas necessárias” e que traçou uma rota entre Curitiba e Brasília para buscar recursos. “Fizemos a reforma administrativa, a reavaliação da planta do IPTU. O condomínio mais chique lá de Londrina que as casas tem 1.000, 1.500 metros quadrados, cada casa vale 15, 20 milhões de reais. Tinha casa nesse condomínio de milionário que pagava R$ 4 de IPTU e tinha casa na favela que pagava R$ 400”, diz.

Fator humano

Durante toda a entrevista Belinati destacou que entende a política como “oportunidade de transformar a vida das pessoas para melhor”. Esse pensamento, aponta, vem de sua criação e formação. “Minha mãe nos ensinou tudo. Princípios, bons ensinamentos, valores cristãos, se por ventura ela não pode nos dar uma vida de luxo, ela nos deu o principal. Minha mãe é uma guerreira, um exemplo de vida, da força que a mulher tem, imagina ficar viúva com 24 anos de idade, com todas as dificuldades, e é a maior vitória da vida dela: os dois filhos bem encaminhados. Eu tomo café da manhã todo dia com ela. Hoje tomei antes de vir para cá”, confidencia. “Eu como médico sempre quis entrar para a vida pública. Me elegi vereador em Londrina, continuava trabalhando como médico, me reelegi vereador, depois fui deputado federal e agora estou no segundo mandato como prefeito de Londrina. Eu entendo a vida pública como oportunidade de você servir as pessoas”, afirma.

A preocupação social reflete-se nas medidas tomadas em sua gestão, como a regularização fundiária, que permitiu que vários moradores da cidade pudessem acertar a documentação de suas residências, o asfaltamento de vias e o fornecimento de uniformes escolares para estudantes. Além disso, Belinati reforça que a base para uma boa administração é o diálogo. “Eu priorizei muito o servidor público, aquelas pessoas que tinha experiência, vontade, conhecimento da máquina pública e queriam dar o sangue pela cidade. Às vezes eu vejo alguns falando assim ‘vou administrar a Prefeitura como uma empresa’. Se você ouvir o candidato falando que vai administrar a Prefeitura como empresa, não vota nesse cara, porque ele não sabe o que está falando. Prefeitura não é banco para guardar dinheiro e não é empresa, você tem que dialogar. Na Prefeitura você não tem condição de impor nada. Você tem que dialogar com a Câmara dos Vereadores, com Ministério Público, com a Controladoria, com a sociedade, você tem que construir uma realidade”, defende.

Ele conta que os resultados conquistados por Londrina o emocionam muito. “No mandato de prefeito já me emocionei tantas vezes porque nós estamos fazendo lá em Londrina uma grande transformação da cidade”, conta ao lembrar ocasiões em que recebeu agradecimentos por ações que beneficiaram as camadas mais carentes da sociedade. “Londrina é uma das cidades com maiores índices de desenvolvimento humano do Brasil. Nós como gestores temos que estar com os olhos em todos os segmentos, claro, naqueles que mais precisam”, afirma.

2026

“É claro que está longe ainda a eleição de governador, meu foco absoluto é concluir bem a administração, entregar tudo aquilo que nós temos que entregar para a população e nós vamos analisar. Claro que é um sonho, imagine você poder fazer aquilo que fez na sua cidade para o estado. Quem está na vida pública e não tem esse sonho?”, conta Belinati ao ser questionado sobre a possibilidade de concorrer ao cargo de governador do Paraná em 2026. No entanto, ele destaca que seu foco está em Londrina. “Falta um ano e sete meses para acabar o mandato, tem umas 100 obras que estão para sair do forno, para começar, e nós temos que iniciar e entregar a obra. Estou absolutamente focado nisso. Claro que a vida da gente é uma que estabelece-se objetivos e metas. Se não fosse assim talvez você perderia até a disposição de seguir caminhando na vida”, pondera.

Confira abaixo a entrevista na íntegra: