Programa Nota Paraná facilita doações para entidades | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Sábado, 24 de Fevereiro de 2024

Programa Nota Paraná facilita doações para entidades

2023-10-11 às 16:20

Para ampliar as doações por meio do Nota Paraná, agora os cidadãos paranaenses podem vincular seu CPF ao CNPJ de entidades sociais cadastradas, através do site, permitindo que os créditos sejam automaticamente doados para a instituição de sua escolha. A proposta de lei foi requerida pelo deputado estadual Evandro Araújo (PSD), com o intuito de facilitar que as entidades que atuam na assistência social, saúde, cultura, esportes ou proteção animal aumentem suas arrecadações e possam melhorar os serviços prestados à sociedade.

O programa Nota Paraná Solidária foi proposto, em 2017, pelo ex-deputado estadual e empresário Marcio Pauliki, o qual possibilita a doação de notas fiscais sem CPF para entidades sem fins lucrativos do estado. “Tivemos a satisfação de poder discutir e aprovar na Comissão de Indústria e Comércio da Assembleia, quando eu fui presidente, este projeto que vem ao encontro da necessidade de centenas ou até milhares de entidades, que fazem um trabalho espetacular pela nossa comunidade. E, agora, através desta modernização, poderão multiplicar ainda mais a arrecadação para os seus trabalhos, para o seu dia a dia, não apenas em relação a parte dos impostos, mas também dos sorteios que acontecem mensalmente”, argumenta Pauliki.

Segundo o deputado estadual Evandro Araújo, o projeto, que surgiu em resposta à demanda de entidades e à proposta de estudantes do curso de tecnologia, visa tornar mais acessível o processo de doação de notas fiscais. Por isso, ao possibilitar que as doações sejam feitas online, e vinculando o CPF a um CNPJ, a iniciativa busca eliminar burocracias e otimizar a captação de recursos. Vale ressaltar que, a modalidade tradicional de arrecadação, com os cupons sendo depositados em caixas segue em funcionamento, mas o objetivo é que aos poucos isso seja modernizado.

“É uma grande alegria ser proponente desse projeto, sei que, no passado, o ex-deputado Pauliki tinha essa mesma intenção. Mas a gente sabe que, às vezes, num momento, um projeto não avança, mas no outro momento avança e a gente fica feliz que consigamos dar uma resposta importante e interessante para a sociedade paranaense, especialmente, para essas entidades que tanto precisam”, destaca o deputado.

da assessoria