Sábado, 13 de Julho de 2024

4° Encontro das Procuradorias Especiais da Mulher do Estado do Paraná reúne mais de 200 mulheres no Plenário da Assembleia

2023-05-17 às 18:38
Foto: Orlando Kissner/Alep

Já estão em funcionamento 114 procuradorias municipais em todo Paraná, mas a meta é atingir todos os 399 municípios

A Assembleia Legislativa do Paraná recebeu nesta quarta-feira (17), o 4° Encontro das Procuradorias Especiais da Mulher do Estado do Paraná, que reuniu procuradoras, deputadas, vereadoras, prefeitas, secretárias de todo o estado e teve a participação da procuradora da Mulher da Câmara Federal, deputada federal Soraya Santos.

O evento aconteceu no Plenário Deputado Waldemar Daros da Assembleia e teve por objetivo proporcionar às participantes um aprofundamento no conhecimento sobre as políticas públicas voltadas às mulheres e o compartilhamento informações sobre os direitos das mulheres para que sejam implantadas nos respectivos municípios.

A mesa foi composta pela coordenadora de Ações Solidárias da Assembleia Legislativa, senhora Rose Traiano; procuradora Especial da Mulher, deputada Cloara Pinheiro (PSD); 2ª secretária, deputada Maria Victoria (PP), representando a Comissão Executiva da Assembleia Legislativa; presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, deputada Cantora Mara Lima (Republicanos); secretária de estado da Mulher e Igualdade Racial, Leandre Dal Ponte; procuradora da Mulher na Câmara Federal, deputada federal Soraya Santos; 1ª procuradora da Mulher na Assembleia Legislativa de Goiás, deputada Rosangela Rezende; chefe da Divisão de Polícia Especializada da Polícia Civil, delegada Luciana Novaes e a procuradora da Mulher na Câmara Municipal de Campo Mourão, vereadora Naiany Salvadori.

A coordenadora voluntária de Ações Solidárias da Assembleia Legislativa, primeira-dama Rose Traiano declarou que é “gratificante poder participar de um evento onde as grandes ideias se unem em favor de políticas públicas para as mulheres”. Destacou a criação da Bancada Feminina e da Procuradoria Especial da Mulher na Assembleia como “ações fundamentais como balizas que garantem a aplicação das políticas de proteção dos direitos das mulheres em todo estado do Paraná”.

A procuradora especial da Mulher na Assembleia, deputada Cloara Pinheiro declarou “que o Paraná já possui 114 Procuradorias Municipais Especiais da Mulher e um dos objetivos deste 4º encontro é sensibilizar outros municípios que para que também implantem a Procuradoria da Mulher na sua cidade. Hoje conversamos sobre políticas públicas, procuradorias municipais, comissões e de conselhos da mulher, delegacia da mulher, enfim, foi uma troca de experiências para que juntas possamos garantir os nossos direitos”.

A 2ª secretária, deputada Maria Victoria (PP), disse que “é uma honra representar a Mesa Executiva nesse evento que marca um grande momento do protagonismo da mulher na política paranaense, ocupando espações, desempenhando funções e liderando diversas iniciativas”. Destacou, ainda a destinação de R$ 2 milhões economizados pela Assembleia e que foram destinados diretamente ao Fundo Estadual do Direito da Mulher “para ser aplicado em ações efetivas ao combate da violência e assegurar o direito das paranaenses”, afirmou.

A presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, deputada Cantora Mara Lima (Republicanos), já há quatro mandatos à frente da Comissão, pontuou que “vendo esta Casa cheia em um evento tão importante, o sentimento é que valeu a pena todo esforço e a Procuradoria da Mulher, assim como a Bancada Feminina, só vieram somar a todo este esforço das mulheres paranaenses na conquista do seu espaço”.

A deputada Cristina Silvestri (PSDB) exerceu, entre 2019 e 2022, o cargo de primeira procuradora da mulher da Assembleia Legislativa e comentou que “ é uma grande satisfação ver os resultados já alcançados pela Procuradoria Especial, como se fosse um filho que agora está mostrando os resultados. Quando nós assumimos a função de procuradora da mulher ainda era tudo muito novo, tínhamos que buscar os caminhos e hoje ver a mobilização das mulheres por todo estado, mais de uma centena de procuradorias municipais espalhadas e crescendo. Para mim isso tudo é uma grande realização que me deixa muito feliz”.

A secretária da Mulher e da Igualdade Racial, Leandre Dal Ponte, afirmou que “é fundamental fortalecer esta rede de procuradorias municipais, porque é mais um instrumento de promoção e proteção das mulheres paranaenses. Na Secretaria da Mulher a gente percebe o quanto é importante ter esta interlocução com o Legislativo através das Procuradorias da Mulher municipais e estadual, se soma em nosso trabalho para que possamos fomentar o protagonismo feminino e no combate a todas as formas de violência que as mulheres ainda são submetidas todos os dias”.

A deputada federal pelo Rio de janeiro e procuradora da Mulher na Câmara Federal, Soraya Santos, explicou que “as procuradorias federal, estaduais e municipais, embora autônomas, atuam com uma relação de interdependência e por isso, gera resultado na sociedade. A Procuradoria da Mulher vem com um modelo de criar protocolos comuns, formar as redes de proteção nos municípios e isso tudo fomenta as ações com o compartilhamento das experiências de cada um”.

O encontro de Procuradorias Especiais da Mulher terá continuidade nesta quinta-feira (18), já às 9h30, com a Palestra da Assessoria de Políticas para Mulheres da Prefeitura Municipal de Curitiba.

As inscrições podem ser feitas pelo link.

da Alep