Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Aliel Machado destaca entrega de equipamentos para a segurança e cidadania

2023-04-15 às 12:13

O deputado federal Aliel Machado (PV) participou nesta sexta-feira, 14, da entrega de 50 novos veículos para o enfrentamento à violência contra a mulher e para a área de segurança pública do Paraná. O evento foi realizado no Palácio Iguaçu, em Curitiba, e contou com a presença do ministro da Justiça, Flávio Dino e do Governador Ratinho Junior, além de deputados federais e autoridades de segurança. A entrega dos veículos e outros equipamentos fazem parte do Programa Nacional de Segurança e Cidadania (Pronasci), do Governo Federal.

“Essas viaturas vão fazer o trabalho preventivo, além do trabalho extensivo. Nós temos prioridade no trabalho de cidadania. Por isso, 09 viaturas vão servir para fazer o combate à violência contra a mulher. É um grande investimento do Governo Federal, em parceria com o Governo do Estado, dando prioridade para a segurança pública”, disse Aliel.

Foram entregues 41 viaturas descaracterizadas para as forças de segurança do Estado, que serão distribuídos entre as polícias Militar, Civil, Penal e Científica, Corpo de Bombeiros e para a própria Secretaria de Segurança Pública, além nove viaturas para a Patrulha Maria da Penha, destinadas à prevenção e combate à violência contra a mulher. O Paraná recebeu, ainda, nove drones, 65 pistolas 9 mm, 76,9 mil munições, além de outros equipamentos.

O ministro Flávio Dino destacou o trabalho integrado do governo federal com os estados e prefeituras. “Por isso, estamos entregando essas viaturas, sendo que parte delas serão destinadas ao combate à violência contra a mulher, porque o feminicídio é algo devastador para os lares dos brasileiros e brasileiras”, disse ele.

PRONASCI II – Lançado em março pelo governo federal, o Pronasci II foi dividido em cinco eixos, tendo como prioridade, neste primeiro momento, o enfrentamento à violência contra a mulher e a diminuição dos índices de feminicídio. Para isso, além do fortalecimento da estrutura de repressão nos estados, também serão construídas mais 40 Casas da Mulher Brasileira – três delas no Paraná, de acordo com o ministro. Os espaços servirão de assistência às vítimas de violência doméstica.

da assessoria com Agência Estadual de Notícias