Sábado, 18 de Maio de 2024

Aprovado projeto para promover mais segurança nas escolas paranaenses

2024-05-15 às 09:02
Foto: Orlando Kissner/Alep

Promover mais segurança nas escolas paranaenses é o mote de uma iniciativa aprovada pelos parlamentares na Assembleia Legislativa do Paraná. O item foi votado nesta terça-feira (14), quando foram realizadas duas sessões plenárias ordinárias, uma do dia e outra antecipada de quarta-feira (15).

O projeto 219/2023, votado em primeiro turno, cria a Semana Estadual de Prevenção Contra a Violência e Promoção de Segurança nas Escolas, a ser realizada anualmente na semana que integra o dia 7 de abril, “Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola”, instituída pela Lei Federal nº 13.277/2016. O texto assinado pelo deputado Cobra Repórter (PSD) anexa o projeto 287/2023, da deputada Marli Paulino (SD), sobre o mesmo tema.

O objetivo é instituir no Paraná protocolos de prevenção e planos de contingência, visando a capacitação de profissionais da educação e aos demais funcionários para situações críticas de violência que possam resultar danos à integridade física de pessoas.

A Semana deverá constar do Calendário Oficial de Eventos do Estado do Paraná, objetivando através da realização de atividades sociais, reuniões, palestras, seminários e congressos e demais meios necessários, para a conscientização da população paranaense, principalmente às que estão na rede de ensino, sendo estudantes, profissionais da educação, e outros operadores.

A iniciativa foi motivada pelo aumento de casos de violência no ambiente escolar, inclusive com vítimas fatais, atentando contra à integridade física de professores, alunos e outros servidores, dentro das instituições de ensino brasileiras. “Por isso queremos trabalhar em várias frentes, a da prevenção, da conscientização, de medidas que garantam segurança no ambiente escolar e impeça o ingresso com armas ou objetos perigosos e, por fim instituir redes de apoio e amparo social às vítimas e suas famílias”, reforçou o deputado Cobra Repórter.

Na justificativa do projeto anexado, a deputada Marli Paulino reforça a necessidade de se debater e conscientizar sobre as pautas relacionadas à violência nas escolas, “assunto extremamente importante para a nossa sociedade, em especial nesses tempos de insegurança causada pelo ímpeto social de atacar escolas e instituições sensíveis às famílias paranaenses.”

da Alep