Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Atingida por quedas de barreira, Estrada da Graciosa ainda tem obras em andamento

2023-04-28 às 15:54
Foto: DER-PR

Após a conclusão das obras emergenciais no km 39 e km 41 da BR-277, a Secretaria estadual de Infraestrutura e Logística (SEIL) concentra os esforços de recuperação da Estrada da Graciosa, também atingida por queda de barreira após as fortes chuvas do final do ano passado.

São quatro quilômetros com obras em andamento, sendo que no km 7, onde chegaram a ser registrados rachaduras e afundamento da pista, já foram concluídos os serviços de injeção de nata de cimento (jet grouting) para estabilizar o talude, e agora está em andamento a perfuração e injeção de tirantes na cortina de contenção do local. Esse ponto, considerado o mais crítico, deve ser o primeiro a ser entregue.

No km 8 foi concluído o grampeamento de solo no topo do talude danificado, e estão avançando os serviços de perfuração e grampeamento no talude próximo à pista, além de serviços de terraplenagem do local danificado. Este quilômetro é o único que conta com frente de trabalho noturna, visando dar maior celeridade aos serviços no local, atingido por novos escorregamentos de material em meses recentes, ainda que de menor porte em relação ao primeiro.

No km 11 foi iniciada a perfuração e injeção dos grampos metálicos no talude abaixo da pista, visando conter e estabilizar a plataforma da rodovia no local.

E no km 12 está sendo concluído o grampeamento no topo do talude, em conjunto com a implantação de drenos horizontais profundos. No restante do talude danificado no local está em andamento a terraplenagem, com escavação e retaludamento do espaço.

Devido às constantes chuvas dos últimos meses, alto fluxo de veículos nos segmentos em obras e a longa distância a ser percorrida até o bota-fora do material escavado e removido, a conclusão dos serviços possivelmente deve se estender além de maio, quando estava prevista a conclusão da maior parte dos serviços de contenção.

VEÍCULOS – A rodovia permanece operando com sistema pare-e-siga entre o km 7 e km 8 e entre o km 11 e km 12, com sinalização provisória e orientação aos usuários nestes locais com pista única.

O tráfego de veículos poderá ser bloqueado em dias com grande volume de chuvas ou devido a chuvas durante períodos prolongados, visando garantir a segurança dos usuários, uma vez que um elevado nível pluviométrico pode acarretar em novos escorregamentos. Os trabalhos também são prejudicados em todos o trecho nestas ocasiões.

da AEN