Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Autor da lei do Maio Amarelo, deputado Hussein Bakri pede mais prudência e atenção no trânsito

2023-05-01 às 09:34

“Se uma vida for salva graças à campanha, já terá valido a pena.” Autor da lei que criou o “Maio Amarelo” no Paraná, o deputado e Líder do Governo, Hussein Bakri (PSD), ressalta a importância de que os motoristas se conscientizem sobre ações contra a violência no trânsito.

Em 2023, com o tema “No trânsito, escolha a vida”, a oitava edição da campanha no estado busca chamar a atenção da sociedade paranaense para uma das causas que mais mata no mundo: são 1,3 milhão de vítimas fatais todos os anos. As estatísticas mostram ainda que 90% dessas mortes são provocadas por falhas humanas, que envolvem desde a desatenção dos condutores até o desrespeito à legislação.

“Não podemos tratar como natural a perda de tantas vidas, sobretudo porque a maior parte desses acidentes poderia ser evitada com medidas simples e diárias. Mas isso só será possível se cada motorista tiver em mente o seu dever de dirigir com prudência e atenção, para que não percamos mais pessoas queridas no trânsito. Venham nessa campanha com a gente, protejam a vida!”, afirmou Hussein Bakri.

Para reforçar a meta da ONU e da OMS de reduzir o número de mortes no trânsito em 50% até 2030, o Maio Amarelo no Paraná prevê que o poder público, a iniciativa privada e entidades da sociedade civil promovam em conjunto campanhas de esclarecimentos e outras ações educativas e preventivas, como caminhadas, blitz e palestras.

A abertura oficial da campanha será realizada na próxima quarta-feira (3), às 14 horas, no Palácio Iguaçu. “Essa é uma pauta importantíssima com a qual o deputado Hussein se engajou desde o início por meio da lei que criou o Maio Amarelo no Paraná. Trata-se de um momento simbólico para guiar os motoristas pela prudência e pelo cuidado com o próximo”, destacou o diretor-geral do Detran-PR, Adriano Marcos Furtado.

da assessoria