Sábado, 20 de Julho de 2024

Bombeiro militar da reserva é preso em operação que investiga homicídio em município da região

2023-05-03 às 12:17

A Polícia Civil do Paraná, através da Delegacia de Irati, deflagrou na manhã dessa quarta-feira (3), a segunda fase da Operação Playback, que investiga um homicídio consumado e dois homicídios tentados, ambos ocorridos no final de 2022 no município. Um bombeiro militar da reserva foi preso na ação.

Conforme apurado pela Polícia Civil, os autores do crime teriam atraído a vítima para que ela vendesse droga em um território que, supostamente, pertencia a eles, e a venda justificasse o plano de executar o rival por descumprimento de um suposto acordo territorial. “Na segunda fase da operação foram cumpridos três mandados de prisão e dois de busca e apreensão. Foram presos os executores e os partícipes do assassinato. Um desses partícipes é um Bombeiro Militar da reserva remunerada, que teria chamado a vítima ao local e seria o proprietário da casa onde a venda da droga ocorreu”, explica o delegado Diego Troncha.

“No momento em que a vítima chegou e entregou a droga, dois autores saíram de um quarto em que estavam escondidos, e ordenaram que ele passasse a vender o produto deles, ou fosse embora da cidade, senão morreria. Uma semana depois a vítima foi assassinada com disparos de arma de fogo num ambiente em que se encontravam três crianças, sendo um bebê, filho da vítima, e dois enteados”, completa o delegado.

Encaminhamentos

Durante o cumprimento de um dos mandados de prisão, o cão farejador da Polícia Civil encontrou uma porção de maconha, nove buchas de cocaína e R$ 2,7 mil escondidos.

O militar foi encaminhado à Piraquara e os demais levados ao DEPEN de Irati, onde permanecem à disposição do Poder Judiciário. A prisão do Militar foi realizada pela Corregedoria da PMPR. A ação contou com apoio da Polícia Militar do Paraná, da 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa e do Núcleo de Operação com Cães (NOC) do DENARC.

da PCPR