Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Com objetivo de auxiliar setor rural, Serviço Alerta Geada começa nesta segunda-feira (08)

2023-05-08 às 16:51
Foto: Valdelino Pontes/SECID

Começa nesta segunda-feira (8) o serviço Alerta Geada, mantido pelo Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná) em conjunto com o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar). Até o término do inverno, a previsão de geada é lançada com até três dias de antecedência e confirmada por boletins até 24 antes da ocorrência.

O objetivo do Alerta Geada é auxiliar os produtores rurais na prevenção e redução de perdas agrícolas. Os avisos são amplamente difundidos por uma rede formada por órgãos públicos estaduais, prefeituras, cooperativas, associações rurais, técnicos e profissionais de agronomia, entidades comunitárias e veículos de comunicação. Além da agricultura, são beneficiados outros setores da economia como turismo, comércio de vestuário e construção civil.

Segundo o meteorologista do Simepar Reinaldo Kneib, o risco de geada configura-se com a aproximação de uma massa de ar frio e seco em contexto de céu claro ou com poucas nuvens noturnas e vento calmo. “O fenômeno atinge o território paranaense bruscamente com força suficiente para provocar queda acentuada da temperatura do ar até abaixo de zero grau no solo, causando frio rigoroso”, explica.

As geadas são mais frequentes em junho e julho, quando intensas ondas de ar frio avançam sobre as regiões Sudoeste, Sul e Central, bem como nos Campos Gerais e na Região Metropolitana de Curitiba. A geada negra, por sua vez, caracteriza-se pelo vento forte, queimando as folhas das plantas.

“O Simepar não espera um inverno rigoroso neste ano”, afirma Kneib. “O fenômeno climático El Niño deve entrar em ação no segundo semestre, aumentando o calor e restringindo as ondas de ar frio, razão pela qual as geadas devem ser menos frequentes”, explica.

El Niño refere-se ao extenso aquecimento do Oceano Pacífico Equatorial, que ocasiona uma grande mudança nos padrões climáticos da temperatura do ar e da chuva.

ALTA CONFIABILIDADE – Desde que foi lançado há 28 anos, o serviço Alerta Geada destaca-se pelo alto grau de confiabilidade. Por meio de pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias, o Simepar aperfeiçoa o serviço continuamente, refinando a metodologia e aumentando a definição espacial da ocorrência de geada.

Para fazer a previsão, o Simepar monitora as condições do tempo com base em dados de temperaturas, pressão atmosférica, ventos e umidade do ar coletados por estações telemétricas em superfície. Também são observadas as imagens provenientes de satélites. É analisado um campo meteorológico em ampla escala, com dados nacionais e internacionais integrados, considerando ainda o histórico climatológico do Estado. Um mapa de probabilidade classifica a geada como fraca, moderada ou forte.

A previsão do Simepar é reavaliada duas vezes ao dia. Uma vez emitida, a equipe de agrometeorologistas do IDR-Paraná interpreta as informações e lança o alerta. Se as condições para formação de geada persistirem, um aviso de ratificação é divulgado até 24 horas antes da ocorrência.

O alerta pode ser acessado por meio dos seguintes canais: aplicativo IDR Clima – disponível gratuitamente no Google Play e na App Store -, páginas do IDR-Paraná www.idrparana.pr.gov.br e Simepar www.simepar.br e, ainda, pelo telefone (43) 3391-4500.

No site do Simepar estão disponíveis informações atualizadas sobre as condições do tempo no quadro Palavra do Meteorologista. Pode ser consultada a previsão para até 15 dias por município e região do Paraná.

Também é possível visualizar imagens de satélite, radar, raios, modelo numérico e telemetria (temperaturas e chuvas). Previsões são divulgadas diariamente no podcast Simepar Informa, distribuído à imprensa e disponível no Spotify.

da AEN