Sábado, 13 de Julho de 2024

“Existe oportunidade e está cheio de brasileiros abrindo indústria no Paraguai”, revela empresário Jorbel Griebeler sobre economia na fronteira

2023-04-22 às 10:17

O empresário Jorbel Griebeler foi o entrevistado deste sábado, 22, do programa Ponto de Vista, com João Barbiero, e transmitido para todo o Paraná através da Rede T de Rádios. Griebeler, de 45 anos, é fundador da loja de departamentos Cellshop, no Paraguai e também em Foz do Iguaçu. Com reputação de credibilidade construída ao longo de quase duas décadas, a loja de departamentos se tornou referência comercializando produtos de qualidade dos mais variados, ganhando também espaço no mundo virtual por meio do site da empresa.

Sobre o mercado no Paraguai, Jorbel destaca a importância da fronteira no comércio e as oscilações a que estão sujeitos os comerciantes. “Sem dúvida nossa fronteira é muito dinâmica e dependemos de muitas situações. Aqui a gente é muito dependente de qualquer crise que acontece, nós somos os primeiros a sentir aqui. Acabamos de sair de uma pandemia, situação gravíssima mundial, e hoje nós temos problemas políticos, situações no Brasil, em toda a América do Sul, mas a gente não pode perder a esperança. Acreditar que as coisas vão melhorar e um futuro maravilhoso nos espera. Não podemos nos apegar aos problemas exteriores e relaxar. Os problemas vêm, tem que encarar eles e seguir em frente”, diz.

Sobre a economia do Paraguai, o empresário afirma que o país é muito tradicionalista e estável politicamente. “Um país que vem crescendo muito, na área de agricultura, industrial, tem energia barata, mão de obra barata, menos burocracia, então as coisas acontecem numa velocidade mais rápida do que pode acontecer no Brasil. É preciso entender que é um país pequeno, são 7 milhões de habitantes, então você tem limitações. Mas se você espera a possibilidade de abrir uma indústria para exportar para o Brasil, Argentina, Bolívia, até mesmo para o mercado interno do Paraguai, pode ter certeza que é um grande negócio, aqui existe essa oportunidade e está cheio de brasileiro aqui abrindo indústria”, revela.

Ouça a entrevista completa.