Sexta-feira, 24 de Maio de 2024

Itaipu celebra investimentos de R$ 111 milhões na região da Amusep

2024-02-19 às 09:35
Foto: Sara Cheida/Itaipu Binacional

A Itaipu reuniu prefeitos e prefeitas das cidades que compõem a Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep), além de entidades de diferentes segmentos da região para a celebração de investimentos na ordem de R$ 111 milhões. O evento foi realizado em Maringá, sede da Amusep, na tarde desta sexta-feira (16).

O valor é resultado do programa Itaipu Mais Energia, patrocínios, convênios e auxílios eventuais firmados entre as instituições e a Binacional nas áreas da saúde, educação, infraestrutura, meio ambiente e desenvolvimento econômico e social. Durante o evento foram entregues os planos de trabalho dos convênios e os termos de compromisso assinados.

Ao todo foram 30 municípios e 40 entidades participantes, como as Apaes de Lobato, Mandaguari e Paiçandu; a Associação de Proteção a Maternidade e Infância de Sarandi; Cáritas Brasileira, entre outras instituições esportivas, de assistência social e demais áreas. Autoridades municipais, estaduais e federais também estiveram presentes na cerimônia, realizada no auditório da Uningá.

Para o diretor-geral brasileiro da Itaipu, Enio Verri, esta ajuda que a empresa proporciona é uma forma de levar desenvolvimento e distribuição de recursos para todo o estado além da região Oeste, onde tradicionalmente a empresa sempre investiu. “É uma política de distribuição de recursos, que incentiva o desenvolvimento econômico e social e a defesa ambiental. É um valor que muda a realidade de um município pequeno, que faz muita diferença nos seus projetos”, explicou.

Segundo o diretor, essa postura é parte da missão da Itaipu, que vai além de gerar energia, e está em consonância com as políticas públicas do Governo Federal. “A responsabilidade social é o papel de qualquer empresa, e uma empresa como a nossa, pública, federal, tem esse papel ainda maior”, destacou.

Essa premissa foi reforçada pela deputada federal, Gleisi Hoffmann, que lembrou de quando foi diretora financeira da Itaipu, durante a primeira gestão do presidente Luís Inácio Lula da Silva, e a empresa recebeu a missão de ajudar os municípios próximos ao reservatório a se desenvolverem. “Naquela época, o presidente Lula nos pediu para atuarmos fortemente com os municípios lindeiros, aqueles com áreas alagadas devido à construção da usina. Agora ele retorna o cuidado com as pessoas e coloca a Itaipu novamente como protagonista do desenvolvimento em todos os municípios paranaenses e do Sul do Mato Grosso do Sul.”

Representando a Amusep, o vice-presidente da Associação e prefeito de Atalaia, Carlos Eduardo Armelin Mariani, citou o programa Itaipu Mais que Energia como um momento importante para os pequenos municípios do Estado. “É uma grande oportunidade, pela primeira vez na história, municípios como o nosso têm a oportunidade de receber um recurso que transforma a vida das pessoas. Esse dinheiro vai possibilitar uma usina fotovoltaica, que vai atender a demanda de todos os prédios públicos do município”, comemorou.

O diretor do Instituto de Futebol de Rua, Eber Cristian Dartora, enfatizou a capacidade que as entidades têm em promover cidadania por meio dos seus projetos, e como os recursos da Itaipu ajudarão nesse trabalho. “O projeto garantirá a crianças e adolescentes aquilo que é previsto no ECA. O Futebol de Rua, em parceria com a Itaipu, garantirá de forma direta a oferta de esporte e educação de forma gratuita e de qualidade.”

Para a Cáritas, o programa proporciona uma oportunidade de prestar uma assistência ainda mais abrangente. “É uma parceria muito sonhada da Cáritas aqui no Paraná com a Itaipu. É o início de um projeto de três anos em que nós vamos atender a população migrante e refugiada para que ela possa se integrar de fato no nosso estado”, explicou a secretária regional da entidade no Paraná, Marcia Ponce.

“Isso mostra cada vez mais o Poder Público preocupado com as instâncias mais fragilizadas da sociedade”, frisou o arcebispo metropolitano de Maringá, Dom Frei Severino Clansen. Opinião partilhada pela prefeita de Floraí, Edna Contin. “É um olhar de muito carinho, os municípios vão ser muito beneficiados.”

Sobre o Mais que Energia

O programa Itaipu Mais Que Energia está presente nos 399 munícipios do estado do Paraná e 35 municípios do Mato Grosso do Sul. Ele tem como foco o cuidado com as pessoas e o incentivo às ações socioambientais na área de influência da Usina.

da Itaipu Binacional