Londrina sediará 9º Congresso Estadual de Cidades Digitais e Inteligentes | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Segunda-feira, 04 de Março de 2024

Londrina sediará 9º Congresso Estadual de Cidades Digitais e Inteligentes

2023-11-03 às 15:54
Foto: Emerson Dias

Depois de passar por várias cidades do Paraná, chegou a vez de Londrina sediar o 9º Congresso para Cidades Digitais e Inteligentes, que será realizado dias 23 e 24 de novembro. A promoção é da Rede Cidade Digital (RCD), em parceria com a Prefeitura de Londrina, por meio do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel).

“Londrina é uma das maiores cidades do Paraná, que até então, não havia sediado este evento. Entendemos que agora a cidade está com diversas iniciativas, como a criação de uma governança de cidades inteligentes e buscando processos e projetos de inovação, que vão propiciar o aprimoramento da gestão pública e, consequentemente, melhorar a vida das pessoas”, argumenta o diretor da RCD, José Marinho.

Ele explica que o congresso busca trazer informações de conhecimentos capazes de inspirar e estimular os municípios que já têm projetos e processos de cidade digital, a implantarem melhorias, ao reunir num mesmo ambiente os diversos atores do desenvolvimento público, como prefeitos, gestores, servidores públicos, vereadores, empresários de várias partes do estado e também convidados de outras partes do país. E ainda estimular àqueles que ainda não implantaram medidas para modernizar a gestão, uma vez que são apresentados cases de pequenos a grandes municípios. “Não dá mais para pensar numa prefeitura que trabalha de forma analógica”, sustenta Marinho. Com a pandemia, houve um avanço grande e rápido na transformação digital, exigindo agilidade dos gestores.

Cidade Inteligente

A maturidade de Londrina em ações que a transformam dia a dia numa cidade digital e inteligente pode ser medida por iniciativas implantadas e que resultam num ecossistema de inovação. Um deles é o Londrina Inteligente, criado em outubro de 2022, presidido por Cristina Cordeiro, que reúne um grupo de lideranças dos setores público e privado. O grupo, explica Cris Cordeiro, tem o objetivo de fomentar políticas públicas e ações de Smart Cities.

O Londrina Inteligente é um dos setores que integram o ecossistema de inovação da cidade, identificado como Estação 43. Juntas, as ações do ecossistema de inovação já começam a trazer resultados.

O diretor de Ciência e Tecnologia da Codel, Roberto Moreira, informa que vários cases da cidade de Londrina serão compartilhados com os participantes do congresso. E cita, entre eles, o da Rua Inteligente da Sergipe, projeto  executado por meio de um Acordo de Cooperação Técnica entre a Prefeitura de Londrina, a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e a Fundação Parque Tecnológico Itaipu (PTI). A rua reúne cerca de 400 lojas comerciais e recebeu diversas inovações tecnológicas, entre elas cinco luminárias inteligentes com câmeras e wi-fi integrados; software de reconhecimento facial; dois cruzamentos semafóricos com sistemas de inteligência artificial integrados e botoeiras com recursos de acessibilidade; seis câmeras de reconhecimento de placas de veículos; e um centro de comando e controle com videowall.

Londrina também apresentará seu planejamento estratégico com o horizonte de 2040, reunidos no Masterplan; o Empregatech, iniciativa que oferece qualificação profissional gratuita para jovens entre 17 e 25 anos na área de Tecnologia da Informação (TI). Moreira cita ainda, como cases de sucesso, o Edital de Chamamento Público nº 002/2018, que permanece aberto de forma permanente, e que oferece às startups a oportunidade de implementar seus projetos na administração municipal, por meio de convênios estabelecidos com a Prefeitura; e o aplicativo Paraná Serviços, que divulga vagas de emprego para Londrina.

O 9º Congresso de Cidades Digitais e Inteligentes será realizado no Teatro Universitário Filadélfia (Av. Juscelino Kubitschek, 1626). As inscrições são gratuitas para servidores públicos, universidades, entidades e vereadores e devem ser feitas pelo https://www.sympla.com.br/rcd.

Da Assessoria