Terça-feira, 23 de Julho de 2024

‘Presente de Grego’: Operação do Ministério Público investiga fraude de R$ 4 milhões em licitações no PR

2023-05-16 às 16:26

O Núcleo de Cascavel (Oeste do estado) do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriu nesta terça-feira (16), 34 mandados de busca e apreensão nas cidades de Altamira do Paraná (29 mandados), Cascavel (2), Campina da Lagoa (2) e São José dos Pinhais (1).

A operação, denominada ‘Presente de Grego’, apura possíveis crimes contra a administração pública, especialmente frustração de licitações em que estaria envolvida organização criminosa de servidores municipais e empresários – os contratos investigados totalizam cerca de R$ 4 milhões, quantia expressiva para um município de apenas 1.429 habitantes, conforme estimativa do IBGE para 2021. Um dos empresários teria como função concentrar a produção de documentos para direcionamento de certames, patrocinando interesse privado junto à administração, cobrando inclusive mensalidades.

Além de buscas na Secretaria de Administração de Altamira do Paraná e em setores administrativos da prefeitura, as ordens judiciais foram cumpridas em 20 residências (para busca de documentos e celulares) e em 13 empresas. Houve duas prisões em flagrante, por porte de arma (cartucheira) e de munições. Foi determinada a suspensão do exercício das funções do secretário de Administração de Altamira do Paraná e de um servidor do Departamento de Licitações da prefeitura. Também foram impostos aos dois servidores e ao principal empresário envolvido a obrigação de comparecimento mensal em Juízo e a proibição de ausentar-se da comarca, de acessar as dependências da prefeitura e de manter contato com testemunhas.

da assessoria