Segunda-feira, 22 de Abril de 2024

Rede de atendimento aos pequenos negócios é premiada pelo Sebrae/PR

2024-02-24 às 14:29
Foto: Inove

Gestores de Pontos de Atendimento ao Empreendedor (PA) e Salas do Empreendedor do Paraná participaram do WE, encontro promovido pelo Sebrae/PR, nos dias 21 e 22 de fevereiro. Realizado em Curitiba, estiveram presentes 603 participantes de todas as regiões do Paraná.

O ponto alto da programação foi nesta quinta-feira (22), com a premiação do Selo de Referência em Atendimento 2023 e o lançamento da edição 2024 do Selo. Ao todo, foram premiadas 266 Salas do Empreendedor e 42 Pontos de Atendimento de todo o Estado.

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/PR, Ercílio Santinoni, destacou o papel desses canais no fortalecimento do ambiente de negócios.

“Os parceiros nesses canais nos ajudam no atendimento direto e conhecem as demandas dos empreendedores lá nos seus municípios. Nada melhor do que ter essas capacitações e reconhecimento para estimular a evolução dessa rede dedicada aos pequenos negócios”, pontuou.

Tendências, experiência do cliente e gestão das redes sociais foram alguns dos temas trabalhados durante os dois dias de evento na Capital. Os participantes tiveram a chance de adquirir novos conhecimentos, expandir sua rede de contatos e participar de capacitações.

Salas do Empreendedor

No total, o Paraná possui 373 Salas do Empreendedor em 360 municípios pelo Estado. Elas são realizadas por meio de parcerias entre prefeituras e Sebrae/PR. No ano de 2023, 346 espaços participaram do Selo Sebrae Referência em Atendimento. Destas, 266 salas possuem a certificação. São 157 salas com Selo Ouro, 74 salas com Selo Prata e 35 com Selo Bronze.

O diretor de Administração e Finanças do Sebrae/PR, José Gava Neto, celebrou a entrega das certificações.

“É necessário ter um desenvolvimento local de modo que auxilie os pequenos negócios a gerar renda, emprego e o desenvolvimento onde estão inseridos. Nada melhor do que realizar a entrega do Selo de Referência no Atendimento para reconhecer o trabalho de excelência que é desenvolvido nesses espaços, bem como valorizar nossos parceiros nesta grande rede estadual”, comemorou.

Juntas, as Salas do Empreendedor do Paraná somaram mais de 220 mil atendimentos no ano passado. Foram mais de 5,4 mil soluções ofertadas a 190 mil empresas atendidas.

Do município de Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, Fabiana Barossi, coordenadora da Sala do Empreendedor do município, recebeu o troféu do Selo Ouro. Para ela, trata-se de uma conquista de toda a equipe.

“O processo de conquista foi construído progressivamente. Diariamente, nos esforçamos para aprimorar as circunstâncias, melhorar o atendimento e reconhecer a importância de cada cliente, seja para uma questão pequena ou maior. Essa valorização é o que realmente faz a diferença para nós, tanto internamente como para o município como um todo”, discorreu.

Pontos de Atendimento ao Empreendedor

Ao todo, o Paraná possui 79 PAs, localizados em 77 cidades. O mais recente foi inaugurado no município de Mangueirinha, região sudoeste do Paraná, na última quinta-feira (15).

Resultado da parceria de instituições empresariais com o Sebrae/PR, os Pontos de Atendimento registraram, em 2023, 27 mil atendimentos e são responsáveis por estabelecer uma rede de suporte local, com o objetivo de promover o empreendedorismo em todo o Estado, com foco na contribuição para o crescimento e fortalecimento das micro e pequenas empresas no Paraná.

Um dos vencedores da categoria Ouro foi o PA de Ibaiti, no norte do Paraná. Foi a atendente Natália Giovana de Souza que subiu ao palco para receber o troféu da categoria ouro. Natália estava ansiosa para saber o resultado e se surpreendeu quando o nome do município apareceu no telão.

“Sinceramente, não esperava que fosse ser um sucesso tão grande. Estava até apreensiva, pois o projeto começou em abril de 2023, então não se passou nem um ano desde então. Durante esse período, foi uma experiência de aprendizado inesperada para mim, que certamente agregou muito”, celebrou.

Para ela, o prêmio serve de incentivo não apenas para Ibaiti, como também para outros municípios de pequeno porte que ainda não possuem uma Sala do Empreendedor.

“A nossa cidade teve uma crescente participação nos eventos que nós realizamos, desde o início. Cada evento atraiu mais pessoas. Tanto é que no nosso último evento, uma rodada de negócios, excedemos a oferta de vagas, tão grande era o interesse dos empresários locais em participar”, observou.

da Agência Sebrae