Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

Romanelli diz que turismo já faz parte da matriz econômica do Norte do Paraná

2023-06-03 às 09:25

Em entrevista ao jornalista Gildo Alves na Rádio FM 104 do Norte Pioneiro, o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD) disse nesta sexta-feira, 2, que o turismo já faz parte da matriz econômica do Norte Pioneiro ao destacar as rotas do Rosário, do Café e da Água Doce e os empreendimentos do setor que serão entregues entre este ano e 2024. “Com a diversificação da economia, o ambiente de negócios se amplia e novos postos de trabalho são criados, trazendo mais renda e crescimento a toda mesorregião do Norte Pioneiro”.

Além dos empreendimentos, Romanelli citou a infraestrutura criada como a reforma e ampliação do aeroporto de Cornélio Procópio. “A estimativa dos empresários do setor é receber voos charters aos resorts que estão sendo construídos. As prefeituras, por exemplo, estão implantando as ligações necessárias aos atrativos e cursos de mão de obra para suprir as vagas abertas no setor”.

“O prefeito Paulinho Branco (PSB), de Sapopema, disse que a cidade já está recebendo mais de 200 visitantes semanais. Em Sapopema, uma região muito bonita do ecoturismo, o visitante tem 10 atrações e 17 tipos de passeios. O Pico Agudo é a principal atração, mas temos as cachoeiras, mirantes, sítios e fazendas, locais ideais para o turismo de aventura e o turismo rural”, destaca.

Rotas

Romanelli citou a Rota Rosário e a Rota do Café. O roteiro religioso, segundo o deputado, passa pelos santuários e templos em Bandeirantes (Menino Jesus e São Miguel Arcanjo), Siqueira Campos, Jacarezinho, Ribeirão Claro e Santo Antônio da Platina. “Essa rota recebe pelo menos 500 mil peregrinos por ano. Também temos a rota do café que passa por nove cidades do Norte, com destaque para Carlópolis, que produz um café especial, certificado e único no Paraná”.

Hoje, disse Romanelli ao jornalista Gildo Alves, a região tem uma série de atrativos em construção como o Portal Ilha do Sol, o Hard Rock Café, Daj Resort, Tayaya Resort e Morro dos Anjos. “Esses e outros empreendimentos equivalem a mais de R$ 600 milhões em investimentos”, disse Romanelli.

A Atunorpi (Associação Turística do Norte Pioneiro), entidade que reúne 18 cidades, mapeou os atrativos das três rotas que podem ser ampliadas com a rota do cicloturismo, as festas religiosas (Bom Jesus da Cana Verde, São Miguel Arcanjo), as exposições e festas populares (Efapi, Afrofest Frutfest) e deve se estender até o Corredor das Águas.

“São regiões de atrações e belezas incomparáveis para o turismo natural, para todos os tipos de esporte (náutico, pesca, radical, etc), para o agroturismo (produção de café) e uma grande rota de peregrinação religiosa. As regiões estão bem preparadas nas partes da estrutura (hotéis e serviços) e infraestrutura aérea e rodoviária”, completou Romanelli.

da ALEP