Projeto GGPEL: Por que as crianças precisam brincar? | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024

Projeto GGPEL: Por que as crianças precisam brincar?

2023-08-28 às 16:36
Foto: Reprodução

Quando uma criança pega um objeto qualquer e começa a criar histórias e fantasias da sua própria cabeça a partir dele, ou corre livremente pelo parquinho, ou cria um jogo junto com os seus amiguinhos, ela não está apenas brincando. Ela está explorando o mundo, se comunicando, se expressando e aprendendo uma série de habilidades importantes. Brincar é necessário. A brincadeira é parte fundamental de seu pleno desenvolvimento.

“As crianças precisam brincar porque a brincadeira é a essência da infância”, define o dr. Daniel Becker, pediatra, sanitarista e membro do Comitê Especial de Enfrentamento à Covid-19 do Rio de Janeiro. “A linguagem é a forma como o ser humano se expressa, se conhece e interfere no mundo; é a habilidade mais elevada da racionalidade humana, do cérebro humano. A linguagem é tudo, ela define tudo o que nós fazemos, define quem nós somos. E a linguagem da infância é a brincadeira.”, continua.

Além disso, brincar é também a forma que a natureza concebeu, ao longo da evolução, de a criança “ensaiar” para a vida adulta, ou seja, é através da brincadeira que ela adquire habilidades que serão necessárias no futuro.

“Você vê entre os mamíferos que um leãozinho brinca de caçar; nas populações tradicionais da nossa espécie, por exemplo, entre os indígenas, as crianças brincam de fazer aquilo que os adultos fazem, brincam de construir ocas e brincam de danças, rituais. Então, essa aquisição de habilidades através do brincar é algo da natureza biológica da gente. As habilidades que a criança vai adquirir brincando são inúmeras”, afirma o médico.

Habilidades desenvolvidas através do brincar

Segundo o pediatra, através das brincadeiras, a criança desenvolve diversos tipos de habilidades importantes, como:

  • Habilidades executivas: através do brincar a criança desenvolve o foco, a atenção, a capacidade de solucionar problemas, capacidade de explorar, de descobrir, de investigar e de avaliar riscos;
  • Habilidades sociais e relacionais: a brincadeira com outras crianças ensina a criança a colaborar, resolver problemas coletivamente, definir e seguir regras para o grupo, além de ensinar sobre liderança e sobre as etapas de um processo;
  • Habilidades físicas: as brincadeiras mais físicas, ao ar livre, com objetos como bolas, barquinhos ou pipias, por exemplo, ajudam no desenvolvimento do equilíbrio, coordenação e habilidades motoras da criança;
  • Habilidades cognitivas: o brincar também ajuda a criança a desenvolver sua capacidade de comunicação, de se comunicar com o outro, de colocar seu ponto de vista, de se expressar.

    Leia a matéria completa do blog do Dr. Drauzio Varella