Segunda-feira, 22 de Abril de 2024

Adolescente suspeito de envolvimento em homicídio em PG é apreendido pela Polícia Civil

2024-02-26 às 15:23

A Polícia Civil do Paraná, por intermédio da Delegacia do Adolescente, apreendeu nesta segunda-feira (26) um adolescente de 17 anos de idade em cumprimento a um mandado de busca e apreensão expedido pelo Poder Judiciário. O rapaz é suspeito de ter participado de um homicídio qualificado ocorrido no dia 02 de julho de 2023, no residencial Costa Rica II, que vitimou um homem de 35 anos.

O mandado de busca e apreensão estava em vigor desde setembro de 2023, quando o jovem fugiu do Centro de Semiliberdade, local onde cumpria medida socioeducativa.

O rapaz foi encaminhado ao Centro de Socioeducação Regional de Ponta Grossa (CENSE) e permanece à disposição da Justiça.

Relembre o caso

Um homem de 35 anos foi executado a tiros na tarde de 02/07/2023, em Ponta Grossa, e a mãe dele foi baleada na perna. O crime aconteceu na rua Guilhermina Nobre Antunes, no Conjunto Habitacional Costa Rica II, no bairro Neves. O autor seria um homem que estava na casa ao lado, que posteriormente foi localizado e preso pela polícia.

De acordo com informações de testemunhas, a vítima, de 35 anos, estaria “corrigindo o filho”, conforme a Polícia Civil relatou. Na casa da frente estava tendo uma confraternização, e algumas das pessoas que estavam na confraternização viram a situação, não teriam gostado, e partiram para cima do homem, do pai do menino. Eles então entraram em vias de fato.

Um dos homens que estava na casa ao lado disse que iria até a casa buscar uma arma, e quando retornou, invadiu a casa, acompanhado de dois adolescentes, e efetuou dois disparos contra o pai do menino. Ele foi morto na cozinha de casa, a princípio, com dois tiros. A mãe do homem viu a situação, se desesperou, e também foi baleada na perna.

Diante das informações das características do homem que teria cometido o crime, os policiais fizeram um patrulhamento e encontraram o carro dele, um Peugeot de cor azul, na rua Almirante Barroso. No interior do veículo, estavam o homem e os dois menores. A arma, a princípio não tinha sido localizada no carro, mas o homem assumiu a autoria do homicídio e confessou que teria dispensado a arma, que depois foi procurada e encontrada.

O homem e os dois adolescentes foram conduzidos para a delegacia, assim como a arma, que foi apreendida.

Com informações da PCPR