Polícia Civil prende suspeito de estupro de vulnerável nos Campos Gerais | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024

Polícia Civil prende suspeito de estupro de vulnerável nos Campos Gerais

2023-11-22 às 18:25
Foto: PCPR

Nesta terça-feira (21), a equipe da Polícia Civil de Castro foi acionada pelo Conselho Tutelar do município, devido a uma adolescente de 12 anos de idade ter dado entrada na UPA para atendimento médico, vítima de estupro de vulnerável.

Diante da gravidade dos fatos, prontamente a equipe investigativa se deslocou até o local e colheu as informações que contribuíram para o esclarecimento do crime.

Segundo a Delegada Dra. Renata Batista, a adolescente havia marcado um encontro, em uma praça no centro da cidade, com um jovem de 20 anos, através das redes sociais. O investigado teria convencido a adolescente a pernoitar em sua residência, após o horário de aula, no qual permaneceu até a manhã do dia seguinte.

No decorrer das investigações, a equipe policial identificou o trajeto e o meio de transporte utilizado para o deslocamento, sendo possível localizar a residência do autor. De posse das informações, a equipe identificou o autor e realizou a sua captura.

No momento da prisão, o investigado confessou que havia se relacionado e mantido relação sexual, durante esse período que permaneceu com a adolescente.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao homem e ele foi encaminhado para a Delegacia de Castro para os procedimentos cabíveis, e posteriormente encaminhado à Cadeia Pública de Castro, onde permanece à disposição da Justiça.

O investigado irá responder pelo crime de estupro de vulnerável, cuja pena varia de oito a 15 anos.

Cabe ressaltar que o trabalho rápido é necessário, pois ações de pronto atendimento entre a Polícia Civil e o Conselho Tutelar promovem a efetividade para que tais ações criminosas sejam combatidas com rigor, a fim de que sejam reprimidos os crimes já cometidos e evitando-se que outros venham a ocorrer.

A PCPR realiza ações constantes de combate à violência sexual infantil e a população pode auxiliar com informações que auxiliem nas investigações e localização de criminosos.

As denúncias podem ser feitas de forma anônima, pelos números 181 do Disque-Denúncia ou (42) 99840-1110, diretamente à equipe de investigação.

da PCPR