Terça-feira, 16 de Julho de 2024

Câmara Jovem define Mesa Diretora do Programa

2023-04-27 às 18:15
Foto: Divulgação

Proposições criadas pelos jovens começam a ser discutidas no mês de maio

Nesta quinta-feira (27) aconteceu a eleição da Mesa Diretora do Programa Câmara Jovem PG, do Poder Legislativo Municipal. A escolha aconteceu entre os jovens das escolas participantes, que foram eleitos no ano passado, através do Programa Eleitor do Futuro, executado pela Vara da Infância e Juventude/PG, em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

“Desta forma, os estudantes tiveram a primeira experiência política dentro do ambiente legislativo, no convencimento dos demais participantes para escolherem não somente o presidente e o vice-presidente do Programa de simulação de parlamento, mas também os 1º, 2º e 3º secretários”, comentou Filipe Chociai.

A eleição foi transmitida ao vivo pelo site da Câmara e definiu os jovens que comandarão os trabalhos em plenário do Programa durante este ano. Como presidente do Câmara Jovem foi eleito o estudante Pedro Henrique de Freitas Brandão, do Colégio Sagrada Família, que disputou a função com Natália Bahls Telegiski, do Colégio Estadual Polivalente e Camyle Manrique, do Colégio Estadual Cívico Militar Frei Doroteu de Pádua.

Como vice-presidente foi eleita Melissa de Jesus Fernandes de Oliveira, do Instituto de Educação Cesar Pietro Martines; como 1ª secretária foi eleita a estudante Anna Beatriz Meira Hilgenberg, também do Colégio Sagrada Família, como 2ª secretária Gabriela Bairros, do Colégio Estadual Professor Colares, foi a escolhida entre seus pares e na 3ª Secretaria foi eleita Isabela Mercer de Menezes, do Colégio Sagrada Família.

Participam da edição 2023 do Programa Câmara Jovem os estudantes eleitos no Colégio Estadual Professor Colares, na Escola Estadual Frei Doroteu de Pádua, no Instituto de Educação Professor César Prieto Martinez, no Colégio Estadual Polivalente e no Colégio Sagrada Família em suas três unidades.

1ª Sessão Ordinária acontece em maio

No dia 25 de maio, os vereadores jovens retornam aos trabalhos apreciando Indicações, Requerimentos, Moções e também projetos de leis elaborados por eles mesmos, com o auxílio dos gabinetes dos vereadores da Casa. O presidente da Câmara entende que o formato do Programa proporcionará mais do que educação política e protagonismo juvenil.

“Nas sessões ordinárias do Programa, os jovens terão a oportunidade de discutir e deliberar sobre as proposições que eles mesmos criaram. É importante destacar que essa produção pode ser levada ao Plenário da Casa pelos vereadores da Câmara, proporcionando uma maior chance de participação efetiva dos jovens na vida pública ponta-grossense. Essas proposições poderão trazer para o Poder Legislativo demandas para o Poder Executivo de necessidades reais da população, como também ideias de leis importantes para Ponta Grossa, a partir da perspectiva do público jovem e das escolas onde estudam”, finaliza o presidente da Câmara.

da assessoria