Sábado, 20 de Julho de 2024

Câmara Municipal rejeita projeto que prevê aumento de vereadores em PG

2024-04-01 às 17:06

A Câmara Municipal de Ponta Grossa rejeitou, na sessão ordinária desta segunda-feira (1º), o projeto que prevê o aumento de vereadores na cidade por 16 votos contrários e 3 votos favoráveis. A proposta foi inicialmente assinada pelos parlamentares Izaías Salustiano (PP), Jairton da Farmácia (UB), Léo Farmacêutico (PSD), Josi Kieras (PT) e Adriana Jamier (PL).

Durante uma acalorada discussão, cada vereador destacou qual o seu posicionamento sobre o projeto. Josi do Coletivo (PT), argumentou que o orçamento da Câmara é um dinheiro que “pode e deve ser usado para que o Legislativo execute sua função de propor leis e fiscalizar o Poder Público Municipal”. “Aumentar o número de vereadores seria uma forma justa de utilização deste dinheiro. Quem for contra essa medida, simplesmente não valoriza o trabalho do vereador”, diz.

Já o vereador Izaías Salustiano (PP), durante sua fala revelou que protocolou um pedido para retirar a sua assinatura da proposição. “Fiz a retirada porque não estou aqui para ser desgastado, para comprometer meu eleitorado que me colocou aqui, preciso preservá-los, porque não fui capaz de convencê-los no meu debate”, afirma. “Por óbvio que a gente tem que economizar dinheiro público o tempo todo, e economizar não significa que tenha que sobrar recursos. Antes ele tem que ser investido cada centavo em favor da população de Ponta Grossa. Ouso dizer que o gestor que não gasta o orçamento que foi aprovado, não está fazendo o papel dele, porque dinheiro público foi feito para ser investido em benefício da população”, argumenta.

Missionária Adriana (SD) e Léo Farmacêutico também mudaram os seus posicionamentos. “O povo lá fora, segundo todas as informações, acha que para esse momento desnecessário aumentar as cadeiras desta Casa de Leis, e eu sou a pessoa que conta com a opinião e o voto deste povo”, diz Adriana. “Nosso mandato é contra o aumento de vereadores neste momento. A infraestrutura aqui da Câmara não suporta 23 vereadores, não temos estrutura. Precisamos analisar pra frente. Tudo discutido com a população, vocês estão em todo o direito, estamos aqui para ouvir e participar. Democracia é assim”, comenta Léo Farmacêutico.

Já o vereador Ede Pimentel foi vaiado pelo público que assistia à sessão quando revelou que votaria favoravelmente ao aumento de cadeiras do Legislativo. “Precisamos sim de mais representatividade. Temos uma situação de quase 400 mil habitantes em Ponta Grossa e 19 vereadores. Trabalhamos muito. Fomos à Brasília e trouxemos mais uma emenda do deputado Aliel Machado para fazer asfalto em Olarias, representatividade em Olarias. Precisamos de mais representantes do povo”, diz.

Votaram a favor somente os vereadores: Ede Pimentel, Celso Cieslak e Josi do Coletivo.

Foto: Eduardo Vaz/D’Ponta News

Confira o vídeo completo da discussão: