Domingo, 21 de Julho de 2024

Ricardo Barros tem apoio dos diretórios estadual e nacional em eventual eleição suplementar para o Senado

2024-04-01 às 15:21

Com o apoio dos diretórios estadual e nacional do Progressistas, o deputado federal licenciado e secretário da Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros (PP), reafirmou a pré-candidatura à vaga do senador Sérgio Moro (União), caso Moro seja cassado por abuso de poder econômico pela Justiça Eleitoral.

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) inicia nesta segunda-feira (1) a análise das ações propostas pelo PT e pelo PL que solicitam a cassação de Moro. O Ministério Público Eleitoral (MPE) se manifestou pela cassação de Moro e de seus suplentes.

“O Progressistas não entrou na Justiça contra o mandato do senador Sérgio Moro. O julgamento começa hoje em ação proposta pelo PT e PL que tem parecer favorável do MPE pela cassação do mandato de Moro. Em havendo a cassação, reafirmo que disputarei a eleição suplementar pelo PP”, postou Ricardo Barros nas redes sociais.

RESULTADOS – Barros possui o apoio dos comandos estadual e nacional da legenda. A presidente estadual da legenda, deputada Maria Victoria, destacou a importância para o Paraná de um Senador municipalista e com compromisso com resultados.

“Ricardo Barros possui uma trajetória de defesa das demandas dos municípios e de resultados. É um articulador reconhecido nacionalmente pela capacidade de conquistar recursos e obras, que atendem aqueles que mais precisam. Tem o total apoio da executiva estadual, caso ocorra a eleição suplementar”, pontuou.

Em Brasília, o presidente do Progressistas, senador Ciro Nogueira, também declarou apoio à decisão de Ricardo Barros, que é tesoureiro nacional da legenda, de concorrer à vaga de Senado.

FORÇA – Maria Victoria reforça que o Progressistas vem se consolidando com uma das principais forças políticas do Paraná. O partido conta com cinco deputados federais: Pedro Lupion, Toninho Wandscheer, Marco Brasil, Dilceu Sperafico e Tião Medeiro. A bancada paranaense é a maior do Progressistas na Câmara Federal.

Na Assembleia, são também cinco deputados estaduais: a segunda-secretária Maria Victoria, Paulo Gomes, Adriano José, Matheus Vermelho e o recém-filiado Márcio Pacheco.

“Teremos pré-candidatos a prefeito e chapa completas de vereadores nas principais cidades do Paraná. Estamos formando um time de gestores públicos eficientes que joga unido e que também trabalhará firme na eventual disputa pela vaga no Senado”, afirma Maria Victoria.

da assessoria