“A devoção à Nossa Senhora Aparecida é muito antiga, porque esse fato aconteceu antes mesmo de o Brasil se tornar independente de Portugal”, destaca Dom Sérgio Braschi  | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024

“A devoção à Nossa Senhora Aparecida é muito antiga, porque esse fato aconteceu antes mesmo de o Brasil se tornar independente de Portugal”, destaca Dom Sérgio Braschi 

2023-10-11 às 16:30

O bispo de Ponta Grossa, Dom Sérgio Arthur Braschi, comentou sobre o dia da Nossa Senhora da Conceição Aparecida, em entrevista ao programa Manhã Total, apresentado por João Barbiero, na Rádio Lagoa Dourada FM (105,3 para Ponta Grossa e região e 92,9 para Telêmaco Borba), nesta quarta-feira (11).

Nossa Senhora Aparecida

No dia 12 de outubro é comemorado o dia da Nossa Senhora Aparecida, que é a padroeira do Brasil. Ela representa a imagem da mãe de Jesus, e foi encontrada pelos pescadores em outubro de 1717, no rio Paraíba do Sul, na região de Guaratinguetá (SP). Após os pescadores encontrarem o corpo da imagem na primeira vez que jogaram a rede e também a cabeça na segunda vez que jogaram, os tempos de escassez de pesca que viviam foi substituído pela pesca de um grande volume de peixes.

“A devoção à Nossa Senhora Aparecida é muito antiga, porque esse fato aconteceu antes mesmo de o Brasil se tornar independente de Portugal. O vice-rei que se chamava Pedro de Almeida estava circulando pela região do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, e estava passando pela cidade de Guaratinguetá [a cidade de Aparecida ainda não existia]. O povo de Guaratinguetá quis agradar aquele personagem importante e fizeram um almoço festivo para ele”, conta o bispo.

“Alguns moradores ficaram encarregados de pescar para conseguir servir esse banquete. João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia saíram pelo rio Paraíba do Sul e na tentativa da pesca não conseguiam pescar nenhum peixe. Eles foram descendo o rio até um lugar chamado Porto de Itaguaçu, que hoje fica próximo à Basílica de Aparecida, e ao recolher a rede viram que tinham pescado uma imagem de Nossa Senhora da Conceição sem a cabeça. Após lançar novamente a rede e puxá-la perceberam que estava a cabeça daquela imagem”, complementa.

Ele também assegura que os pescadores ficaram impressionados com aquele fato, pensando ser algo quase impossível. “Após colocar a cabeça sobre a imagem, eles reconheceram que era a imagem de Nossa Senhora da Conceição. Eles suplicaram a ela que os ajudasse naquele momento, lançaram a rede e começaram a pescar um grande volume de peixes”, destaca. “O Felipe Pedroso ficou com a imagem na sua casa, e o povo começou a devoção que permanece até os dias de hoje em relação à Nossa Senhora Aparecida”, acrescenta.

Construção de um templo maior

Dom Sérgio explica que em 1834 foi iniciada a construção de um templo maior. “Eles haviam feito uma pequena capela, mas com o passar dos anos ela foi ficando pequena em relação à quantidade de devotos. Então um pouco mais de 100 anos depois já havia sido iniciada a construção da Basílica Velha”, pontua.

Ele também comenta que hoje existe, em Aparecida, a Catedral Basílica do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida que é uma das maiores do mundo. “Cabe aproximadamente 30 mil fiéis dentro da Basílica. Também existe na cidade a Basílica Velha, que foi solenemente inaugurada em 1888 e tem uma ligação muito forte com a Princesa Isabel. Ela doou nessa ocasião uma coroa de ouro para a imagem de Nossa Senhora Aparecida”, ressalta.

Confira a entrevista completa: