Domingo, 21 de Julho de 2024

“A harmonização facial é trazer o que a pessoa tem de melhor”, afirma especialista Dra. Camila Scremin

2023-04-18 às 17:40

Em entrevista ao programa Manhã Total, apresentado por João Barbiero, na Rádio Lagoa Dourada FM (105,9 para Ponta Grossa e região e 90,9 para Telêmaco Borba), nesta terça-feira (18), a especialista em harmonização facial, Dra. Camila Scremin, comentou sobre os procedimentos mais frequentes entre os pacientes e apresentou uma novidade para quem deseja se especializar na área, que é a inauguração de uma unidade do Instituto Orofacial das Américas, em Ponta Grossa.

A harmonização facial é um conjunto de procedimentos, que abrange desde o famoso ‘botox’, preenchimentos, bioestimuladores de colágeno e tecnologias como laser, ultrassom microfocado, por exemplo. Dra. Camila explica que hoje a tendência da harmonização é ser mais natural e elegante, sem muitos exageros. “Temos que melhorar a essência e a beleza que o paciente já tem, nada de ficar enfeitando demais”, diz, ressaltando a importância de alinhar as expectativas com o paciente desde o início do processo.

Além da estética, o procedimento também tem benefícios para a saúde, como em casos de pacientes com paralisia facial, por exemplo. Para além disso, a harmonização também favorece a autoestima. “Hoje a gente tem uma epidemia de pessoas ansiosas, depressivas e muito tem a ver com a autoimagem. Eu sempre brinco que o espelho mais cruel é o espelho da nossa casa, aquele que a gente se olha todo dia. Você se olhar nesse espelho e gostar do reflexo é muito importante para o seu autocuidado e amor próprio, quando você tem segurança e se sente bem, é outra vida. A harmonização é trazer o que a pessoa tem de melhor”, afirma Scremin.

O procedimento mais popular é o botox, que é considerado por Camila a ‘porta de entrada’ tanto para o profissional como para o paciente. “O botox é um medicamento, a classificação dele na Anvisa é um medicamento biológico. Ele serve para paralisação muscular. A gente fala botox porque foi a primeira marca comercial que surgiu”, pontua.

Especialização

Dra. Camila afirma que durante a pandemia houve uma grande defasagem do ensino na área da saúde, já que é preciso de muita prática e durante aquele período não foi possível. “Hoje temos esses profissionais com falha na formação e para se especializar, seja em harmonização facial, seja em outra especialidade da área da saúde, o caminho é a pós-graduação, especialização, imersão, aperfeiçoamento, aí surgiu a ideia de trazer para Ponta Grossa o IOA, Instituto Orofacial das Américas, que hoje é a maior rede premium de educação na saúde do Brasil”, afirma.

Com mais de 30 unidades em operação e implantação no Brasil e no exterior, o IOA que é a maior rede premium em educação orofacial das américas, visa capacitar e preparar com as técnicas mais modernas disponíveis no mercado.

O IOA já oferece cursos nas áreas da Odontologia e deverá servir também como uma forma de fomento e desenvolvimento da economia local. Entre os cursos com inscrições abertas estão: Harmonização Orofacial, Endodontia, Implantodontia e Periodontia, Prótese e Dentística, Ortodontia e Odontopediatria com habilitação em sedação consciente.

Clique aqui para saber mais

Confira a entrevista na íntegra: