Segunda-feira, 15 de Julho de 2024

Dom Sergio Arthur celebra 25 anos da ordenação como bispo

2023-04-14 às 10:12

Dom Sergio Arthur Braschi completa, nesta sexta-feira (14), 25 anos de ordenação como bispo, sob o lema episcopal VITA, DULCEDO ET SPES (Vida, doçura e esperança). Nomeado Bispo Auxiliar de Curitiba pelo Santo Padre João Paulo II, em 18 de fevereiro de 1998 e sagrado no dia 14 de abril de 1998 na igreja Catedral de Curitiba, ele é o quinto bispo da diocese de Ponta Grossa – a nomeação e posse ocorreu em 5 de setembro de 2003.

Biografia 

Nascido em Curitiba, no dia 3 de dezembro de 1943, Dom Sergio Arthur Braschi é o segundo de sete filhos de Acyr Arthur e Maria Leopoldina Santanna Braschi. Ele cursou os primeiros anos do Primário no Grupo Escolar “19 de Dezembro”, ingressando a 17 de fevereiro de 1959, no recém-inaugurado Seminário Menor São José, Colônia Nova Orleans. Terminou o primeiro grau e cursou o segundo grau, de formação clássica.

De 1967 a 1969 cursou Filosofia na Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Em setembro de 1969, partia para Roma, para cursar Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana.

Retornou ao Brasil após terminar o bacharelado em Teologia e iniciou trabalho missionário no Nordeste, que se repetiria durante vários anos seguidos: já sacerdote, de 1973 a 1986, por 14 vezes passou férias nas Dioceses de Mossoró (RN) e Cajazeiras (PB), ajudando o amigo, Pe. Hamílcar, nas Paróquias e Capelas do sertão. Além de dois títulos de Cidadão Honorário, recebeu a alcunha de “Padre Cantador”. Ele foi ordenado sacerdote em 8 de julho de 1973 por Dom Pedro Fedalto, na Paróquia São Francisco de Paula, a mesma em que foi batizado quando criança e fez a Primeira Comunhão.

Entre algumas das funções desempenhadas em sua vida religiosa estão Vigário Paroquial na Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus (1973), Diretor Espiritual e Professor do Seminário menor São José (1974-1978), Diretor, e posteriormente reitor, Arquidiocesano da Obra das Vocações (1979-1981). Atuou na presidência da Organização dos Seminários no Paraná, integrando também a Equipe Regional de Canto Pastoral. Fez parte também Conselho Presbiteral e do Colégio de Consultores da Arquidiocese. Entre 1980 e 1986 foi o celebrante oficial da missa dos domingos pela TV Paranaense Canal 12.

Em 1986, retorna a Roma para seu Mestrado em Teologia Dogmática, com tese na área eclesiológica, na Pontifícia Universidade Gregoriana. De 1993 a 1996, assumiu a Coordenação Pastoral da Periferia Sul e foi Diretor Espiritual Arquidiocesano do Apostolado da Oração, cabendo-lhe celebrar os 100 anos do A.O. em terras do Paraná e Santa Catarina. Em 1997 foi chamado a ser Pároco da Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais.

Em 18 de fevereiro de 1998 foi nomeado Bispo Auxiliar de Curitiba pelo Santo Padre João Paulo II, e sagrado no dia 14 de abril de 1998 na igreja Catedral de Curitiba, tendo, em 2003, sido nomeado Bispo Diocesano de Ponta Grossa, tomando posse da mesma no dia 05 de setembro de 2003.

com informações da Diocese de PG