Segunda-feira, 17 de Junho de 2024

Ministério Público investiga vale-alimentação de R$ 700 para vereadores de PG

2023-05-26 às 16:07
Foto: CMPG

O Ministério Público do Paraná, por meio da 12ª Promotoria de Justiça de Ponta Grossa, instaurou uma investigação para apurar a criação do vale-alimentação de R$ 700 para vereadores e servidores da Câmara Municipal de Ponta Grossa.

Em nota encaminhada ao portal D’Ponta News, o MPPR afirma que recebeu, nesta quinta-feira (25), três e-mails anônimos sobre a situação. “Diante do recebimento desses e-mails e também de informações noticiadas na imprensa, foi instaurada uma Notícia de Fato para apurar a situação (NF nº 0113.23.003141-2)”, informa.

Relembre

Em sessão extraordinária realizada nesta quarta-feira (24), a Câmara Municipal de Ponta Grossa aprovou o Projeto de Lei nº 69/2023 que dispõe sobre o aumento de 3,86% nos salários dos 19 vereadores, a criação de um vale-alimentação de R$ 700 para cada um deles, a extinção de quatro cargos de chefe de gabinete parlamentar e a criação de sete cargos de assessor parlamentar e um superintendente.

O reajuste salarial de 3,86% representa um aumento de R$ 386 para cada parlamentar. Ao ano, o valor impacta R$ 107.164,71 mil aos cofres públicos. Já a criação do vale-alimentação demonstra R$ 159 mil a mais às contas do Legislativo Municipal.

Veja também

Vereadores aprovam PL que reajusta os próprios salários em 3,86%