Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Pai é preso após agredir filho durante vacinação na UBS Adam Polan

2024-04-01 às 15:16

Uma situação de agressão foi registrada pela Guarda Civil Municipal na Unidade Básica de Saúde Adam Polan, localizada na região da Palmeirinha, nesta manhã de segunda-feira (01). Por volta das 09h20, a equipe foi acionada para atender a uma ocorrência de lesão corporal no local.

Segundo relatos da técnica de enfermagem que trabalha no setor de vacinas da UBS, a situação começou a se desenrolar quando um jovem de 11 anos, acompanhado por seu pai, adentrou a sala de vacinação. O menor demonstrou-se agitado e contrário à aplicação das vacinas, o que gerou uma série de ameaças por parte do pai. A técnica relatou que o pai proferiu palavras como “Se tua mãe não te educa, eu educo” e “Eu te arrebento, vou quebrar você se não me obedecer”.

Diante da tentativa frustrada de conter o menor, o pai iniciou uma sequência de agressões físicas, incluindo tapas, socos nas costas e até mesmo um “mata leão”. A equipe da UBS tentou intervir para proteger o jovem, porém, o pai acabou acertando uma cotovelada no rosto de uma das técnicas de enfermagem.

Após as agressões, as técnicas levaram o menor até a sala da enfermeira, mas o pai continuou a ameaçar o filho, afirmando que não temia medidas legais como a intervenção do Conselho Tutelar ou da polícia. Diante da gravidade da situação, a equipe da Guarda Municipal deu voz de prisão ao pai, informou-o de seus direitos constitucionais e o encaminhou à 13ª Subdivisão Policial para as medidas cabíveis.

O Conselho Tutelar foi acionado para conduzir o menor até a delegacia, onde a mãe compareceu para representar contra as agressões sofridas pelo filho.

Informações: GMPG