Domingo, 21 de Julho de 2024

Pesquisa que monitora pós-covid em PG inicia ligações para toda população

2023-05-09 às 10:25
Foto: Jéssica Natal

Professores da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) estão em trabalho de monitoramento de pacientes que tiveram Covid-19 na região. Coordenada pelos docentes Pollyana de Oliveira Borges e Carlos Eduardo Coradassi, a pesquisa faz busca ativa por pessoas que tiveram a doença em Ponta Grossa a partir de 2020, com ligações e preenchimento online de questionários. O objetivo é analisar as respostas que foram dadas à pandemia e as ações pós o período de maior frequência de casos de Covid-19. As ligações são feitas a toda população do município.

A pesquisa da UEPG é desenvolvida em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) e Fundação Municipal de Saúde (FMS), intitulada ‘Pandemia da Covid-19: características e respostas do Sistema Único de Saúde e vigilância da covid-longa em município de médio porte’. O projeto começou como pesquisa de pós-doutorado da professora Pollyana, em 2022. “Vamos acompanhar a frequência, mortalidades, imunização, o que aconteceu com o número de casos e óbitos após a imunização e medidas restritivas”, explica.

Metodologia 

As ligações acontecem em um call center instalado no Bloco M, em que estudantes e residentes irão ligar para pessoas que tiveram RCT-PCR positivo desde 2020. A lista de contatos foi cedida pela FMS, com autorização do comitê de ética da instituição. “Iniciamos os contatos, em um primeiro momento com profissionais da saúde, e agora toda a população que teve Covid-19 receberá as ligações”, conta Pollyana.

As pessoas que receberem as ligações irão responder perguntas como: Quais são os eventos de saúde mais frequentes percebidos no pós-covid? Quanto tempo durou? Onde estão buscando atendimento? Sabem que algumas doenças poderiam estar relacionadas à Covid-19? O trabalho dará uma grande devolutiva à sociedade, segundo a professora. “Esta é uma pesquisa que vai dar muitas respostas para os ponta-grossenses, além de ajudar a rede de serviços SUS a se organizar. Tem muitas respostas que a gente pode conseguir alcançar com essa pesquisa”, finaliza a professora.

Moradores devem ficar atentos às ligações dos números 42 9857-2529; 42 3220-1019; 42 3220-1017; 42 99866-0480; 42 99849-8044; 42 99857-2529, para poderem atender e participar da pesquisa. Os números são exclusivos para a pesquisa e não atendem outras demandas.

da UEPG