Sábado, 20 de Julho de 2024

Programa Sinapses Criativas chama a atenção na Smart City Curitiba 2024

2024-03-25 às 14:29

A Educação de Ponta Grossa também marcou presença na Expo Smart City Curitiba 2024, realizada na última semana. Um dos destaques do estande da Prefeitura de Ponta Grossa foi o programa Sinapses Criativas, que reúne as iniciativas inovadoras do Município na área da educação, com destaque para o Laboratório de Aprendizagem Criativa (LAC) e para o programa English for Kids (EFK).

A prefeita Elizabeth Schmidt esteve no estande e apresentou os projetos a diversos prefeitos. “Nossos projetos são inovadores e cativam a todos, porque usam a criatividade, são feitos pelas nossas próprias equipes e mostram nosso valor e compromisso com a inovação por intermédio do Vale dos Trilhos, o ecossistema de inovação de Ponta Grossa”, considera.

Para representar o LAC, a equipe da Secretaria Municipal de Educação usou a criatividade: criou uma maquete da sala de aula onde se encontram os laboratórios, reproduzindo a identidade visual, equipamentos e mobiliário. A maquete também contou com um celular embutido pelo qual os visitantes puderam ver vídeos sobre as atividades, além de fotos dos trabalhos das crianças. Tudo foi acondicionado em uma caixa que poderia ser facilmente transportada.

Já a equipe do EFK criou uma apresentação com o resumo do projeto e vídeos do que é apresentado para os estudantes, além de imagens das atividades, metodologia, números e resultados, conversando in loco com os visitantes. Os programas geraram grande interesse por parte dos presentes.

Elieser Rabelo, prefeito de Vargem Alta (ES), conheceu os dois projetos com sua equipe. “Estamos partindo para a inovação em nosso município e viemos, por meio do Sebrae, após sermos premiados no programa Prefeito Empreendedor, para observarmos as novas tecnologias para podermos inovar em nosso município. Para a Eduação, integrar e informatizar é muito importante. Gostei muito do Laboratório de Aprendizagem e do programa de Inglês. É este tipo de coisa que estamos buscando. Temos muita vontade de tornar nossa cidade inteligente”, conta o prefeito capixaba.

Para a secretária de Educação de Ponta Grossa, professora Simone Pereira Neves, o evento foi uma oportunidade para conhecer mais e apresentar os sucessos obtidos. “Trouxemos os professores dos 50 laboratórios que estamos implementando até este ano para uma imersão no mundo das cidades inteligentes e, também, demonstramos que nossa cidade é uma das que estão na ponta desse processo. O evento demonstra que nossa opção pela inovação foi precisa e que nossa Rede Municipal de Ensino está realizando um excelente trabalho”, afirmou Simone.

Internacional

Natalia Meira é diretora do programa Sumá tu Escuela (Traga sua Escola), da província de Misiones, na Argentina, que incentiva a educação disruptiva nas escolas da região, com robótica, programação e confecção de projetos com protagonismo infantil. Ela gostou muito do que viu no estande ponta-grossense. “O Laboratório é uma oportunidade para que os estudantes possam ter acesso a tudo o que tem a ver com tecnologia, robótica e inovação, de maneira transversal com as matérias curriculares. Gostei muito de como está colocada a estrutura, as mesas, cadeiras e os recursos para que estejam acessíveis a todos. As imagens são prova de que a metodologia de ensino é produtiva, que trabalham em equipe, há comunicação e que os alunos podem aprender diferentes papéis. Também pela forma disruptiva e descontraída que estão trabalhando, podendo atuar de várias maneiras”, analisa a educadora argentina.

da assessoria