Terça-feira, 23 de Julho de 2024

Repórter fotográfico que morreu em acidente na RMC será sepultado em PG

2024-04-02 às 08:48
Foto: Jonathan Campos/AEN

O repórter fotográfico Chuniti Kawamura, de 74 anos, morreu em uma grave acidente da manhã desta segunda-feira (1), no Contorno Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. Segundo o Serviço Funerário Municipal, o velório de Chuniti Kawamura acontece na Capela do Luto Santana, em Ponta Grossa, e o sepultamento está marcado para às 16h30 horas, no Cemitério Parque Jardim Paraíso.

As informações dão conta de que Kawamura dirigia um Toyota Yaris na pista sentido São José dos Pinhais, quando foi atingido na traseira por um bitrem e projetado contra o caminhão que estava à sua frente, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O automóvel ficou prensado e totalmente destruído. O fotojornalista morreu na hora.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (SindijorPR) emitiu uma nota de pesar pela morte de Chuniti. “Premiado e querido por colegas, Kawamura dedicou seu talento aos jornais O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná, além de atuar no Governo do Estado do Paraná. Seu trabalho deixa marcas indeléveis na história da imprensa paranaense”, diz a nota.

A Secretaria de Estado da Comunicação também expressou pesar pela morte trágica do fotógrafo. Profissional renomado, atuou nos principais veículos de comunicação da capital paranaense, como Tribuna do Paraná, Correio de Notícias, Estado do Paraná, além do Governo do Estado, entre 2011 e 2013. Era reconhecido pelos colegas pelo profissionalismo exemplar e pelo olhar cirúrgico nas imagens que captava.

“Nossos sentimentos à família neste momento tão doloroso. Que Deus conforte os corações e que nosso estimado colega possa descansar em paz”, afirmou o secretário de Comunicação do Paraná, Cleber Mata. Os colegas da Secom prestam sua solidariedade à família neste momento tão doloroso, desejando conforto e paz.

Do Grupo D’Ponta Mídias e Consultoria fica o respeito e a solidariedade aos amigos e familiares.
Com informações do Ric