Sexta-feira, 12 de Abril de 2024

“O nosso grande projeto para 2024 é o início das obras do elevador em Furnas”, destaca o gestor do Parque Estadual Vila Velha

2024-02-06 às 15:55

O gestor do Parque Estadual Vila Velha, Leandro Ribas, esteve no programa Manhã Total, apresentado por João Barbiero, na Rádio Lagoa Dourada FM (105,3 para Ponta Grossa e região e 92,9 para Telêmaco Borba), nesta terça-feira (06) falando sobre o recorde histórico de visitação em 2023 e os projetos para 2024.

Recorde histórico de visitação em 2023

Um dos mais belos cartões postais do estado do Paraná, o Parque Estadual de Vila Velha registrou um recorde histórico em sua visitação no ano de 2023. A Unidade de Conservação recebeu 80.143 visitantes, número 28% maior do que a visitação registrada em 2019, último ano antes da pandemia de Covid-19.

“Esse é um motivo de orgulho para nós, porque estamos recolocando o Parque de Vila Velha no roteiro dos turistas. Eles não somente passam por Ponta Grossa mas a escolhem para a prática do turismo”, celebra Leandro.

Região com muitas belezas naturais

O gestor também ressalta que a região em que o parque está localizado possui uma variedade de atrações e belezas naturais que conectam os turistas com elas.

“É uma região que é bonita por natureza. Além do Parque Estadual de Vila Velha, existe o Buraco do Padre, as Furnas Gêmeas [operadas pelo Refúgio das Curucacas], a Cachoeira da Mariquinha e o rio São Jorge. Então realmente é uma região muito bonita e com muitos atrativos para os turistas”, ressalta.

Melhoras no parque desde 2020

Leandro pontua que desde 2020 aconteceu um processo de melhora nas instalações do parque para que os turistas possuíssem mais atrativos. “Nós trouxemos operações gastronômicas, implantamos áreas de lazer para as crianças, atrativos de aventura, rota de cicloturismo e o balão estacionário. Então estamos deixando o passeio ainda mais divertido e também com aventura”, destaca.

Ele também acrescenta que acontece um trabalho de divulgação sobre quais são os atrativos que o parque possui para cada vez mais aumentar o número de turistas. “Nós divulgamos os núcleos Arenitos, as rochas milenares, as Furnas e a Lagoa Dourada. Então o parque por si já é um atrativo natural importante, porque ele é uma Unidade de Conservação estadual em que são realizadas várias pesquisas. Isso mostra a sua importância”, afirma.

O gestor ainda acrescenta que a exploração comercial que acontece nas instalações do parque é realizada de uma maneira ordenada. “Nós respeitamos aos padrões de sustentabilidade. Além da nossa visitação ter batido recorde em 2023, todos os nossos indicadores ISG foram superados em relação ao ano anterior. Então a parte de sustentabilidade também traz bons indicadores”, assegura.

Restaurante Bosque Vila Velha

Leandro pontua que o Restaurante Bosque Vila Velha é aberto para todas as pessoas, independente de serem visitantes do parque ou não. “O parque é de fácil acesso e muito próximo à cidade, então traz essas facilidades para que o ponta-grossense possa usufruí-lo e nós deixamos esse convite aberto para a população”, ressalta.

Novos projetos para 2024

Ele pontua a inauguração de um novo receptivo em Furnas no final de 2023 como um novo atrativo para os turistas. “Temos novas opções gastronômicas em Furnas, além de uma loja de souvenirs e espaços de lazer também para as crianças. Um destaque dos parquinhos é que eles possuem uma boa harmonia com a natureza”, aponta.

“O nosso grande projeto para 2024 é o início das obras do elevador para fazer a descida em Furnas. Nós já temos o protocolo realizado dentro do IAT [Instituto Água e Terra], que é o órgão que libera a licença com os estudos ambientais que foram solicitados. Nós também respeitaremos todas as características da região, seja em aspectos biológicos, geológicos ou históricos”, acrescenta.

Leandro afirma que o Parque Estadual de Vila Velha está aguardando a liberação do Instituto Água e Terra para que o contrato com a empresa, que realizará as obras, possa ser finalizado.

Sobre o Parque Estadual de Vila Velha

Localizado a apenas uma hora de Curitiba, o Parque Estadual de Vila Velha é o primeiro parque estadual criado no Paraná, em 1953, e atualmente é uma concessão do Governo do Estado do Paraná, por meio do Instituto Água e Terra, à Soul Vila Velha, uma empresa do Grupo Soul Parques.

As bilheterias funcionam até às 15 horas. O parque indica, a chegada ainda pela manhã, para que os visitantes possam conhecer os três atrativos naturais – Arenitos, Furnas e Lagoa Dourada – se deliciar com as diversas opções gastronômicas e ainda aproveitar as atrações de aventura – Tirolesa, Arvorismo e Cicloturismo.

Mais informações podem ser obtidas neste link.

Confira a entrevista completa: