Segunda-feira, 17 de Junho de 2024

Blitz Vocacional movimenta paróquias de Castro

Diáconos também abençoaram todo tipo de veículo
2023-05-28 às 09:28
Conversa sobre a importância das vocações e bênção – Foto: Renato de Oliveira/PasCom Paróquia São Judas Tadeu

Veículos automotores que cruzaram o entorno da praça de Senhora Sant’Ana, no anel central de Castro, foram parados e convidados a participar de uma blitz vocacional, durante toda a manhã de sábado (27). O evento reuniu lideranças e diáconos das quatro paróquias locais: Sant’Ana, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, São Judas Tadeu e Nossa Senhora do Rosário.

Os condutores eram recebidos por um diácono, uma religiosa e coroinhas e ainda membros da Pastoral Vocacional. Recebiam também bênção para si, para sua família e para o próprio veículo. E ainda levava um folheto com a oração do Ano Vocacional, instituído este ano com o objetivo promover a cultura vocacional nas comunidades eclesiais, na família e na sociedade para que sejam ambientes favoráveis ao despertar de todas as vocações.

Para o diácono Ricardo Aparecido dos Santos, da matriz de Sant’Ana, o Ano Vocacional foi algo que a Igreja suscitou e precisa ser alimentado com ações. “O diaconato traz homens casados para o serviço na Igreja, junto a ordem diaconal. Cada vez mais precisamos rezar para famílias bem constituídas, para que possam delas florescer a vocação familiar, sacerdotal e também diaconal. E sobre o movimento desta manhã, serve de alerta para que a Igreja seja vista não só do lado de dentro, mas esteja em evidência”, sublinhou.

Além do diácono Ricardo, também estiveram empenhados nesta empreitada os diáconos Rubens Antônio de Souza e Emanuel Fidelis do Nascimento, da Paróquia do Rosário; Antônio Geraldo Kluczkowski, da matriz Sant’Ana, e ainda João Chotti, da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. A Paróquia São Judas Tadeu é a única que não formou diáconos até hoje. Entretanto, Susana Goncalves Canto, que trabalhou coordenando toda a ação, fez questão de ressaltar que esta realidade deve mudar. “Com as nossas orações e com a graça de Deus, a comunidade terá, a seu tempo, diáconos a serviço da paroquia”, salientou.

Toda a movimentação da Blitz Vocacional teve o apoio da Guarda Municipal.

da assessoria da Diocese de Ponta Grossa